A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/08/2011 10:42

Arcebispo Dom Dimas afirma que diminuição de católicos já era esperada

Paula Vitorino e Fabiano Arruda

A perda de cerca de 8% dos fiéis que se dizem católicos em Mato Grosso do Sul é tida como algo já esperado para o chefe da Igreja em Campo Grande, o arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa. “Essa é uma tendência que já se mostrava no país há 25 anos”, justifica.

Com naturalidade e sem rugas de preocupação, ele completa dizendo que a situação pode ser percebida mais claramente nos últimos anos, desde 2000. E afirma que a Igreja Católica precisa intensificar o serviço missionário, com a evangelização em todos os meios.

Os dados foram revelados nesta semana no "Novo Mapa das Religiões" traçado pela pesquisa da FGV (Fundação Getúlio Vagas). Segundo o levantamento feito com base no ano de 2009, a população de católicos no Estado caiu de 71,96%, em 2003, para 63,70%.

Mas ainda assim o montante populacional de católicos permanece equivalente a outra pesquisa, com o número de fiéis próximo a 1,5 milhão.

De acordo com a pesquisa, o catolicismo perdeu fiéis para a religião evangélica, que também é cristã, e para os que se dizem sem nenhuma religião. Desde 2003, os evangélicos cresceram de 18% para 25%, o que representa o aumento de 392 mil para 597 mil fiéis.

Já o número de pessoas que se declaram sem religião aumentou de 128 mil para 143 mil, o que representa 6,07%.

O bispo explica que essa distribuição maior de fiéis para a igreja evangélica é “o normal”. No entanto, ele chama a atenção para o aumento de pessoas sem religião e de pessoas que se dizem evangélicas, mas não tem uma igreja oficial.

Dom Dimas também explica que a migração de crenças no MS e em outros estados de fronteira é mais destacada pelo trânsito cultura.

“Isso fica mais destacada aqui e na fronteira por conta do desapego cultural, existe uma movimentação humana muito grande nesses estados, um trânsito cultural”, explica.

O arcebispo comentou sobre a pesquisa nesta manhã, enquanto assistia o Desfile Cívico do aniversário de 112 anos de Campo Grande.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Creio eu que o afastamento das pessoas da igreja católica é a falta de união entre os irmãos falta mais espiritualidade á muitas pessoas querendo ser dono do reino de Deus e se esquece que a igreja é um lugar santo onde os fracos e oprimidos procuram curar a sua dor e buscar a Jesus Cristo como nosso unico Salvador e não Campo de batalha onde os fortes são vencedores temos que ser forte sim , mas forte no amor de Cristo não de dominar as pessoas num campo de falsidade entre os fiéis a falta de amor e confiança entre as pessoas afasta voce da sua própria comunidade, nos voluntários temos também nossas dores e nossas dificuldades.
 
SONIA CORVALAN em 07/09/2011 05:43:19
É fácil criticar falando e apontando os erros.
Pedofilia não é um mal que acontece só no meio das igrejas, mas a midia busca sempre associar à igreja católica, assim como pilantrice financeira é associada às igrejas evangélicas.
E saberemos, se pesquisarmos, que os maiores casos de pedofilia acontecem dentro de famílias, mal estruturadas nos dias de hoje e sem o preceito cristão que havia antigamente.
O maior problema para nós católicos, na minha opinião, é o mal da Teologia da Libertação. Uma visão deturpada da fé a partir não do que Jesus pregou e sim, professores mal intensionados e "colegas" de Leonardo Boff, que é um excomungado pela igreja.
Assim como a Teologia da Prosperidade que leva evangélicos atrás de supostos milagres.
Uma coisa que aprendi com meus 33 anos de crença é que se há algo que realmente Deus detalha para nós é algo dito numa frase: "Espere em Deus".
Se você não tem paciência para esperar e epera uma resposta imediata para tudo, então você considera Deus seu empregado que deve fazer tudo quando você quiser...
Infelizmente é algo que estes imediatismos demonstram ser...
 
Antônio Marcos Alencar em 27/08/2011 10:13:04
Sr. Antonio Marcos Alencar, concordo plenamente com tudo que o senhor disse, embora eu não seja nem católica, nem evangélica, eu apenas tento ser crente(porque crente é o que crê e obedece, é o fiel), mas quero dizer que o senhor falou a verdade: Deus não é nosso empregado. Além do mais ele apenas prometeu a salvação da alma, se formos fiéis a Ele até o fim. Agora, se deixarmos tudo nesta terra por amor a Ele, teremos cem vezes tanto em vida. Mas, só quem sabe se realmente deixamos tudo ou não, é Ele, não é? Por isso eu concordo com tudo que o senhor disse. E digo ainda mais: a pedofilia é um dos espíritos que o adversário enviou para tentar a humanidade. Está na profecia que no fim dos tempos isso ia acontecer.
 
Angel Dourado em 27/08/2011 03:40:52
Não se preocupem com a placa da igreja..e sim..Amem a Deus...e vamos nos preocupar com aqueles que ainda não o conhecem!! religião não é time de futebol..para torcer para um ou para o outro...a verdadeira tazão de existir..é Deus..!!!
 
daniela rodrigues em 27/08/2011 02:27:04
No mundo inteiro, muitos matam em nome de Deus, em uma guerra santa, vamos evitar isso....sou católica com muito orgulho e respeito as outras religiões, pois o Deus é o mesmo para todos que nele crê...irmãos, não julgais para não seres julgado...deixe essa missão para Deus.....podem acreditar nós tambem conhecemos um Deus vivo e maravilhoso...o principio de tudo é o amor ao próximo.....e respeito!! Glória a Deus!!!
 
daniela rodrigues em 27/08/2011 02:24:14
Me perdoe o Sr. Arcebispo, mas, o quê a igreja católica precisa é mostrar que tem condições de agir conforme suas pregações.
A queda de fiéis se dá pelos crimes e imoralidades que se tornaram públicas nestes últimos anos em praticamente todo o mundo. Se dá principalmente pela postura da igreja católica em abafar tais crimes, não reparar as vítimas, não expulsar de seus quadros aqueles que usam a batina para esconder suas imoralidades.
Evidente que a decepção por não ver nas ações de membros da igreja católica o que eles pregam nas missas é que está afastando os critãos. Digo afastando porque eles não deixam de ser cristãos, mas católicos apostólicos romanos, uma vez que migram para as igrejas batistas, adventistas, etc.
Quer recuperar o rebanho? Mostre firmeza, rentidão. Não seja conivente com ações ilícitas. Faça justiça, ainda que esta seja o corte na própria carne.
 
José da silva em 26/08/2011 11:03:17
Erros acontecem em todas religiões José da Silva, ou não tem pastor que faz coisa errada, pais de santo que fazem coisas erradas, o preocupante e os denominados ateus, isso sim e o problema em questão.
 
cleiton costa em 26/08/2011 04:13:21
as pessoas estao muito divididas,atirando pra todos os lados,quem é catolico nunca deixara de ser,mesmo que frequente outras igrejas.na verdade virou um comercio entre religioes,quem gosta de barulho vai para aquela igreja que te convence aos berros,quem gosta de silencio,procura um centro de mesa e conversa com espiritos,quem gosta de uma dança,vai pra umbanda,porem Deus nao é surdo e ouve todos nos..
 
ivan campos oliveira em 26/08/2011 03:57:27
Senhor José da Silva, você já foi numa missa, você estuda a biblìa você conhece realmente o que a igreja quer para as pessoas, ela apenas indica qual o caminho correto que Deus quer para o nosso bem. E o caminho é estreito é doloroso, é sofrido, e ninguem quer sofrer para conseguir as coisas, ninguem quer se esforçar por causa de Deus, o povo quer coisa fácil e coisa rápida, e o que faz isso são outras igrejas só oferecem milagres que Deus vai curar isso ou aquilo que você vai voltar a ter prosperidade em tudo. E, não é assim que as coisas funcionam, a igreja católica mostra o valor que a familia tem não sai por ai falando diretamente em milagres, o povo já ta desesperado em suas situações seja ela financeira ou sentimental, ela quer logo que melhore, e assim certas igrejas pregam para essas pessoas que vão até elas como criança atrás de doce. E outra você deveria ter mais respeitos pelas pessoas ninguem é animal pra chamar de rebanho, porque você se considera? E, ninguem tem direito de falar de imoralidade, ou você nunca errou e não erra na sua vida até hoje, somos feitos de carne, estamos constantementes expostos ao erro, todo mundo erra até sacerdotes de Deus, e claro temos que pagar o que fizemos, mas não é por isso que devemos julgar ninguem.
Que Deus abençoe a todos!
:D
 
Danilo Prado em 26/08/2011 01:05:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions