ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Artesãos querem espaço na Cidade do Natal para feira permanente de arte

Ricardo Campos Jr. e Yarima Mecchi | 28/01/2017 10:16
Artesãos reunidos na Câmara Municipal com prefeitos e secretários (Foto: Yarima Mecchi)
Artesãos reunidos na Câmara Municipal com prefeitos e secretários (Foto: Yarima Mecchi)

Artesãos de Campo Grande reivindicam a transformação da decadente estrutura da Cidade do Natal em um espaço permanente de arte e cultura. Representantes da categoria lotaram, neste sábado (28), o auditório do plenário da Câmara Municipal em uma reunião com o prefeito Marquinhos Trad (PSD); o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luiz Fernando Buainaim; e a secretária de Turismo e Cultura, Nilde Brum.

Em um primeiro momento, os profissionais pleiteiam a realização de uma grande feira no espaço atualmente abandonado, localizado nos altos da Avenida Afonso Pena.

A proposta é começar o evento no dia 19 de março, quando se comemora o Dia do Artesão. A duração e horários ainda não foram definidos. Seriam reunidos em um mesmo lugar os trabalhos manuais, gastronomia, artes plásticas e outras manifestações artísticas. Uma das ideias apresentadas é que o encontro seja realizado de 15 em 15 dias.

Buainaim afirmou que o papel da secretaria pela qual ele é responsável é dar fomento ao projeto. “Eles têm que vender e essas vendas geram emprego e renda. Eles se encaixam como MEI (Micro Empreendedores Individuais) e temos que ver as lacunas e trazer gente de fora para gerar emprego, além de estimular quem é daqui. Vamos dar suporte”, garantiu.

Já Nilde adiantou que a Cidade do Natal está na lista de espaços que devem ser restruturados pela atual gestão, juntamente com a Praça dos Imigrantes, Esplanada Ferroviária e Praça do Rádio Clube. “Nesse primeiro momento vamos ter que priorizar as ações, não tem como abraçar todo mundo”, explicou.

Para a Cidade do Natal, a secretária vai conversar com Rudi Fiorese, titular da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), para a realização de reformas nos bangalôs com materiais mais resistentes, ecológicos que deem mais conforto térmico e de luminosidade para quem for utilizá-las.

Em seu discurso, Marquinhos falou da importância dos artesãos para a cidade, disse que todos serão ouvidos e que pretende atender todas as demandas, embora a reunião de hoje seja o primeiro encontro para tratar do assunto.

Nos siga no Google Notícias