A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/12/2011 18:07

Asfalto estufa e racha em obra recém inaugurada em Campo Grande

Paula Vitorino

Prefeitura apura se problemas no asfalto são de responsabilidade da Águas, que executa obras de esgoto

Asfalto cedeu e abriu buraco na rua Presidente Antônio Carlos. Asfalto cedeu e abriu buraco na rua Presidente Antônio Carlos.
Remendo na avenida da Imbirussu-Serradinho. (Fotos: Simão Nogueira)Remendo na avenida da Imbirussu-Serradinho. (Fotos: Simão Nogueira)

Apesar da avenida nova aberta pelo complexo Imbirussu-Serradinho, o medo dos moradores é que o asfalto no cruzamento com a rua Presidente Antônio Carlos, no bairro Santo Amaro, caia de vez a qualquer momento. A avenida foi inaugurada há cerca de um mês.

“Isso daí está afundando, qualquer hora alguém vai estar passando e vai cair tudo”, diz o morador Ricardo de Souza, de 23 anos.

No local, uma parte do asfalto afundou bem em cima da faixa de pedestre, na noite de Natal. Ao redor, o asfalto está cheio de buracos e estufado na parte da faixa da avenida.

O trecho do asfalto tem várias marcações, indicando que já foi remendado algumas vezes na tentativa de solucionar o problema. O comerciante Floriano de Andrade, de 41 anos, diz que nos últimos meses foram cerca de 8 remendos.

“Os funcionários vem, abrem o buraco e depois arrumam de qualquer jeito”, diz.

Morador reclama do quebra-quebra em avenida e diz que conta é paga pelo contribuinte. Morador reclama do quebra-quebra em avenida e diz que conta é paga pelo contribuinte.

Segundo os moradores, o conserto é realizado pela Águas Guarirobas, com o objetivo de resolver os constantes problemas de vazamento na rua. Mas a reportagem do Campo Grande News encontrou dois bueiros vazando, sendo um Rua Américo Brasiliense e outro na Antônio Carlos.

“É saindo essa água o dia todo”, diz o empresário Benedito Benício dos Santos, de 62 anos. Ele ainda frisa que além de sofrer com os transtornos da via esburacada, os moradores pagam a conta das constantes obras.

“Já fizeram e refizeram isso daí várias vezes. Nunca consertam mesmo. E quem paga a conta? O dinheiro sai do nosso bolso, que pagamos impostos”, diz.

Segundo os moradores, o problema é causado por falhas na canalização, já que o bairro não tem rede de esgoto. O comerciante Luiz Gonzaga Magalhães, de 74 anos, afirma que é só chover para a canalização não aguentar e começarem os vazamentos.

Solução - O secretário de obras de Campo Grande, João Antonio de Marco, afirma que os problemas na região só serão resolvidos com a implantação da rede de esgoto no bairro.

Ele explica que o lençol freático da área é muito próximo ao nível da via e quando chove enche e chega até o canal por onde passam os dejetos das fossas das residências do bairro. A água transborda e causa os vazamentos no local.

Segundo ele, os vazamentos são de responsabilidade da Águas, que realiza os reparos na canalização do local. No entanto, ele garantiu que uma equipe da Prefeitura iria até o local para verificar se o local onde surgiram os buracos faz parte das obras no complexo ou da Águas.

“Se for de nossa responsabilidade, vamos acionar a empresa de engenharia, que terá de solucionar o problema. Agora se for falha do asfalto feito pela Águas vamos acionar a concessionária para que resolva o problema”, diz.

A Águas Guariroba informou por meio da assessoria que as obras no local são parte do programa Sanear Morena, que está implantando a rede de esgosto na região.

A concessionária afirma que as obras no trecho mostrado pela reportagem terminam amanhã. Com isso, a Águas afirma que os problemas de vazamentos e buracos no asfalto serão resolvidos.

Sobre o quebra-quebra, a Águas diz não ter conhecimento sobre outras obras no local e a reclamação dos moradores pode ser devido aos trabalhos da concessionário serem fracionados entre várias equipes.

Infiltração na avenida nova. Infiltração na avenida nova.
Vazamento no bueiro da  Rua Américo Brasiliense Vazamento no bueiro da Rua Américo Brasiliense


O grande erro nessas obras é o seguinte... Depois de tudo pronto, asfalto bonito, sinalizado e etc. e ai vem a idéia de fazer o esgoto e ai vira o quebra-quebra do asfalto e remendo pra todo lado... Q tal o engenheiro analizar certinho, fazer o esgoto antes de finalizar com o asfalto??????? #pareepense
 
William Cesar em 28/12/2011 12:42:42
O prefeito deveria mandar o pessoal das aguas guariroba quando quebrarem recapear todo o asfalto. no meu bairro eles fizeram o buraco e depois tamparam de qualquer jeito deixando a ondulação ai vem a chuva ai mais um buraco na via. tem uma avenida aqui que vc ve a diferença que as aguas fizeram. manda eles pagarem. ja cobram caro o valor da agua e do esgoto.........
 
thiago souza em 28/12/2011 09:50:44
Gostaria muito de saber porque que não fazem rede de esgoto primeiro e depois o asfalto...pois depois de tudo asfaltado começam a fazer burado...e vamos falar a verdade este buraco que as aguas guariroba faz é muito mal arremendado...e por isso que a cidade esta deste jeito cheio de onda no asfalto...serviço bem porcaria das empresas tercerizada...poderia ser melhor ja que são bem pagos né.
 
Ester Balbuena em 28/12/2011 08:23:35
O mesmo problema de ceder o asfalto acontece na rua itaóca do bairro Jardim tarumã. Após uma instalação feita pela equipe das águas Guariroba em uma residência foi feito a operação de tapar o buraco só que o mesmo cedeu e é uma caixinha de surpresa aos motoristas onde logo poderá ocorrer algum acidente tendo em vista ser perto de uma esquina e pode perder o controle da direção.
 
Antonio Miranda em 28/12/2011 08:20:37
nao sou arquiteto nem engenheiro, mas nao devia fazer primeiro a rede de esgoto depois o asfalto...........abre o olho nelsinho,fazendo obra pra ingles ver.
 
eduardo domingos em 27/12/2011 11:58:39
Realmente, asfalto xing ling... Engraçado, se o Secretário de Obras disse que só vai resolver quando fizerem a rede de esgoto, por que fizeram tal obra? Como sempre fazem um asfalto ruim e, depois quebram tudo para colocar esgoto. Só no Brasil ocorre esse tipo de coisa, primeiro o asfalto e depois o esgoto. Pela lógica, deveria ser o contrário. Depois falam que os Portugueses que são burros.r$r$r$
 
José Pereira em 27/12/2011 11:13:53
vem muita verba pra fazer serviço de qualidade e o que temo sé isso!!!!!!
 
anderson soares em 27/12/2011 10:38:12
O secretário de obras de Campo Grande, João Antonio, afirma que os problemas na região só serão resolvidos com a implantação da rede de esgoto no bairro.
Esses técnicos e responsáveis por essa obra, tão divulgada quando na sua conclusão, devem estar de gozação.
Aqui primeiro fazem o asfalto, depois quebram, pra fazer a rede de esgoto. Esses indivíduos não respeitam o dinheiro do contribuinte.
 
Juber de Jesus Severino em 27/12/2011 09:49:17
será que ninguém ainda não viu como os novos asfaltos estão cada dia mais finos ??? parecem até casca de ovo !!!!
 
pedro viana em 27/12/2011 09:01:23
Nessa obra foram gastos milhões!!!!!!!!!!!!!!!
 
Marcia Souza em 27/12/2011 08:18:31
Se o lençol freático é aflorado, como a obra teve licença ambiental para execução?
 
José Freitas em 27/12/2011 06:05:53
Asfalto Xing Ling....
 
Luciano Bandeira em 27/12/2011 05:35:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions