A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/11/2011 13:48

População comemora ganho “geral” do Imbirussu-Serradinho e valorização

Fabiano Arruda
Moradora destaca não se preocupar mais com as chuvas. (Foto: João Garrigó)Moradora destaca não se preocupar mais com as chuvas. (Foto: João Garrigó)

Moradores dos bairros que fazem parte do complexo Imbiruss-Serradinho, inaugurado nesta terça-feira em cerimônia realizada na Praça das Figueiras, no Jardim Aeroporto em Campo Grande, comemoram o benefício que a obra trouxe para a região.

Entre as benfeitorias destacadas pelos moradores estão recuperação ambiental, melhorias viárias, construção de unidades habitacionais e valorização dos bairros.

Edivaldo Alves, de 37 anos, mora há 12 anos na região e comemora a valorização imobiliária. “Antes aqui era só barro. Uma casa podia ser comprada por R$ 3 mil e hoje não compra por menos de R$ 30 mil”, diz, destacando ainda a facilidade de acesso a diversos pontos da cidade a partir do novo ordenamento viário.

Jorandir Honorato, de 55 anos, reside há 24 anos na área do complexo. “Quando eu poderia imaginar que moraria em frente à Orla Morena?”, comemora.

Na área habitacional foram construídas 850 unidades habitacionais para retirar famílias de áreas de risco, no fundo de vale. A obra foi considerada pela administração municipal um dos principais destaques.

Graziela dos Santos, de 31 anos, mora no conjunto há quase dois anos. Comenta que, na antiga residência, próxima ao viaduto, alagamentos e inundações eram comuns em épocas de chuva.

“Agora temos supermercado por perto, o que não tínhamos. E o mais importante é que em época de chuva não temos mais preocupação. Aqui é outra situação”, pontua.

Flávio Ritter, 33 anos, morou 10 anos em área de risco e afirma que conviveu de perto com pessoas que perderam bens por conta das inundações. “Lá era muito feio. Não dormíamos quando chovia porque quando a água entrava em casa tínhamos que começar a retirar tudo”, diz, elogiando ainda a ponte construída no complexo. “Quando enchia (córrego) não tinha jeito”, lembra.

Obra - Com investimento de mais de R$ 120 milhões, o Imbirussu-Serradinho recebeu investimentos da prefeitura de Campo Grande, Fonplata, PAC, Fundeb e HBB, Águas Guariroba e programa Reluz.

As obras levaram sete anos para ficar prontas e reestruturação do sistema viário com a implantação de vias urbanas pavimentadas, pontes, calçadas e ciclovia e a implementação de redes de distribuição de água, coletora de esgotos sanitários, drenagem, energia elétrica e iluminação pública, proporcionando integração urbanística e mobilidade urbana para as áreas adjacentes, interligando as avenidas Duque de Caxias e Euler de Azevedo, com a execução de pistas pavimentadas nas duas margens do Córrego Imbirussu. Também foram construídos equipamentos sociais de educação, saúde e assistência social para atender a população da região.

O complexo teve 20 quilômetros de rede de drenagem, 14,4 km de pavimentação asfáltica, nove pontes de concreto armado, 7,8 km de ciclovia, horto municipal com área de 22 hectares, 7,8 km de Parque Linear, sistema de esgotamento sanitário e 14,4 km de rede de iluminação pública.

Moradores de bairros como Nova Campo Grande e Vila Popular comemoram os novos acessos e reordenamento do trânsito com a construção de novas rotatórias.

Descrição:

Infraestrutura urbana (R$ 80 milhões)

- Unidades Habitacionais – construção de 850 unidades habitacionais (R$ 14,2 milhões)

- Escola Municipal Carlos Vilhalva Crisltado, Jardim Aeroporto (R$ 3,9 milhões)

- UBSF Dr. Herbeto Calado Rebelo (R$ 1,1 milhão)

- Ceinf Felipe Safadi Alves (R$ 700 mil)

- Centro Comunitário (R$ 93 mil)

- Pavimentação da linha de ônibus do Jardim Aeroporto (R$ 750 mil)

- Programa nacional de iluminação pública eficiente – Reluz (R$ 2,5 milhões). Instalação de 1291 pontos de energia ao longo do Parque Linear com objetivo de melhorar a eficiência energética.

Recuperação de áreas degradadas:

Segundo informações da prefeitura, as obras contemplaram recuperação do ecossistema e manutenção do equilíbrio ecológico da micro bacia do Córrego Imbirussu com implantação de parque linear e eliminação de efluentes nos córregos Imbirussu e Serradinho, além da revitalização e ampliação do Horto Municipal.

- Revitalização e ampliação do Horto Municipal (R$ 3,3 milhões) – Trilha, viveiro com capacidade de produção de 500 mil mudas por ano e orquidário, que será administrado em parceria com associação, são os destaques.

- Implantação do Parque Linear: 90 hectares de fundos de vale para preservar a faixa de drenagem dos córregos e evitar novas ocupações nas áreas.

Confira fotos da cerimônia de inauguração e do complexo Imbirussu-Serradinho:



Dei uma passadinha por lá e o pouco q vi achei lindo, é maravilhoso ver as pessoas felizes caminhando , não vejo a hora da inauguração do parque Linear Lagoa. Peço mais uma vez para q sejam feitas melhorias , como quadras de voley de areia, parquinho, aparelhos de ginástica e por q não academia ao ar livre aqui no conj.União.
Um grande abraço a todos e principalmente ao Governador e ao Prefeito
 
Antonieta Vera Rosi em 23/11/2011 06:04:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions