A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

18/12/2018 11:56

Assaltante morto por policial tinha 29 anos e respondia processo por roubo

Em janeiro do ano passado, Marcelo invadiu uma residência na Vila Taquarussu e rendeu uma família, porém durante a fuga foi detido por moradores e preso em flagrante com R$ 650 na cueca

Viviane Oliveira
Rua Equador, onde Marcelo caiu morto na Vila Jacy (Foto: Henrique Kawaminami) Rua Equador, onde Marcelo caiu morto na Vila Jacy (Foto: Henrique Kawaminami)

Foi identificado como Marcelo Inácio de Mendonça, 29 anos, o assaltante morto durante tentativa de roubo a um policial militar de 27 anos. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (17), na Rua Brigadeiro Tobias, na Vila Jacy, em Campo Grande. Ele não portava documentação e foi reconhecido no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) por um familiar. Marcelo já era fichado na polícia e respondia a processo por roubo ocorrido em janeiro do ano passado.

Na ocasião, segundo denúncia do Ministério Público, Marcelo e um comparsa, identificado apenas como “Neguinho” invadiram uma residência na Rua Caiapós, na Vila Bandeirantes, e roubaram vários objetos e dinheiro. Eles tentaram levar o carro da família, mas não conseguiram e fugiram a pé.

Durante a fuga, Marcelo que usava uma arma de brinquedo foi detido por moradores e preso em flagrante pela Polícia Militar. Na cueca dele, foram encontrados R$ 650 em dinheiro. Já "Neguinho" conseguiu fugir levando vários objetos e o restante do dinheiro roubado.

Tentativa de roubo - Na madrugada de ontem (17), Marcelo foi morto por um soldado da PM, que fazia bico de motorista de aplicativo, ao sacar uma réplica de pistola. O policial militar dirigia um Chevrolet Onix alugado, quando foi acionado por uma mulher na Avenida Dois de Março, no Bairro Taquarussu.

No local, foi um homem que embarcou e pediu para o condutor ir até um bar, na mesma avenida, para buscar outro passageiro. O destino seria o posto de combustíveis na região, onde iriam comprar gasolina. Durante o trajeto, os falsos passageiros que estavam no banco de trás anunciaram o assalto. Marcelo encostou a arma na cintura do soldado, enquanto o outro revistou o policial.

Na sequência, os dois assaltantes saíram do automóvel. O PM, então, pegou a sua arma escondida embaixo da perna, se identificou e deu voz de prisão aos autores. Um dos ladrões, então, sacou uma réplica de pistola. O soldado reagiu e atirou duas vezes. Marcelo morreu e o comparsa dele, ainda não identificado conseguiu fugir.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions