A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/12/2014 17:37

Associação Comercial de Campo Grande diz que aguarda perícia sobre acidente

Vania Galceran

Sobre a tragédia que aconteceu com a família do garoto Vittor Heduardo Benites Tsalikis, 12 anos, na última quinta-feira (24), na Colônia de Férias o presidente da ACICG ( Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), João Carlos Polidoro, disse hoje ao Campo Grande News que a área em que ocorreu o acidente está preservada e interditada, ou seja, com acesso restrito esperando a perícia da polícia.

"Tudo o que a lei indica que seja feito está sendo cumprido para que a polícia possa fazer o trabalho técnico", afirma.
Ainda de acordo com Polidoro, a agenda de funcionamento do clube continua valendo, portanto, não está prevista suspensão das atividades da Colônia de Férias nos próximos dias. Isso inclui funcionamento normal inclusive para comemorações de ano novo, que ocorrem dia 31.

Conversamos ainda com o Comandante do Corpo de Bombeiros Cel. Ociel Ortiz, que informou que a equipe dos bombeiros é reponsável pela fiscalização dos equipamentos de combate a incêndios, como extintores, de segurança e outros.

A não ser que houvesse uma denúncia, de algum frequentador do local, que segundo ele, não foi o que ocorreu. Em relação a fiscalização de projetos o órgão responsável é o CREA (Conselho Regional de Arquitetura e Engenharia). Nossa produção entrou em contato com a gerência de projetos do CREA, mas ninguém foi encontrao para falar sobre o assunto.

O caso- O acidente ocorreu por volta das 19h30 da última quinta-feira (24), na Colônia de Férias da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, que fica na BR-163, saída para São Paulo. O garoto chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e levado para Santa Casa, mas morreu durante cirurgia.
Conforme registro policial, a vítima foi tentar pegar uma toalha no muro, que ficava dentro do quiosque para separar o banheiro de outro cômodo, quando a parede cedeu e caiu sobre a criança.

O pai relatou que o local onde estava com a família apresentava diversas rachaduras nas paredes. O caso foi registrado como morte a esclarecer e será investigado pela 5ª Delegacia de Polícia Civil.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions