ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 13º

Capital

Audiência pública propõe criação de centro especializado em educação inclusiva

Durante a reunião, também foi proposta a formação para os profissionais e realização de concurso

Mylena Fraiha | 05/06/2023 19:31
Audiência pública sobre educação especial aconteceu no Plenário Oliva Enciso, da Câmara Municipal (Foto: Divulgação)
Audiência pública sobre educação especial aconteceu no Plenário Oliva Enciso, da Câmara Municipal (Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (05), foi realizada audiência pública para debater o tema “Educação Especial”, na Câmara Municipal, que resultou em 10 encaminhamentos. Entre eles, está a criação de um centro para atendimento e diagnóstico para os alunos especiais.

Também foi proposta a formação para os profissionais, a realização de processo seletivo com profissionais qualificados, recursos e materiais para atender as especificidades educacionais e políticas para o incentivo das escolas particulares para inclusão.

Um dos destaques da audiência foi o depoimento de Luis Felipe, conhecido como “Pipo”, um jovem autista de 19 anos que cursa Biologia na UFMS. Ele compartilhou os desafios que enfrentou em sua jornada educacional e ressaltou a importância da Educação Especial inclusiva.

“A educação especial inclusiva não é responsabilidade somente da escola, mas sim de toda a sociedade. Tenho uma profissional que me auxilia hoje e me ajuda. Contar com uma rede de apoio é ideal. Faço um apelo a todos aqui, ouça a nossa voz e garanta a todos nós nossos direitos. Vamos transformar nossas palavras em ações”, frisou Luis Felipe.

Vereadores Valdir Gomes (PSD), Juari Lopes, o "Prof. Juari" (PSDB) e Riverton Francisco de Souza (PSD). (Foto: Divulgação/CMCG)
Vereadores Valdir Gomes (PSD), Juari Lopes, o "Prof. Juari" (PSDB) e Riverton Francisco de Souza (PSD). (Foto: Divulgação/CMCG)

Também participou a representante da Associação de Pais Responsáveis Organizados pelas Pessoas com Deficiência e Transtorno do Espectro Autista, Naína Dibo, que cobrou a presença de professores de apoio especializado nas escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino).

“Eu venho aqui há muito tempo falando sobre esses problemas, essa audiência é o começo. A gente sofre, é doído, nós sofremos. Nós conseguimos trazer os problemas das mães para que a secretaria possa resolver. Agradeço pelo comprometimento de vocês, por lutar por essa causa”, disse.

O proponente da sessão e presidente da Comissão Permanente de Educação e Desporto, vereador Juari Lopes, o "Prof. Juari" (PSDB), agradeceu a presença de todos e a oportunidade de debater o assunto.

"A minha luta pela educação é antiga. Onde vamos chegar? A educação foi tratada com números, reduzindo gastos. Não podemos trazer prejuízos para a educação. O secretário tem nos ouvido e ajudado muito e enquanto presidente da comissão de educação, trataremos sempre a disposição e com muito prazer ajudar”, disse Juari.

Também são membros da comissão os parlamentares Valdir Gomes (PSD), Beto Avelar, o "Beto" (PSD), Riverton Francisco de Souza (PSD) e Ronilço Cruz, o "Guerreiro" (Podemos).

Nos siga no Google Notícias