A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

11/04/2019 15:10

Avô e pai suspeitos de abuso de meninas de 12 e 9 anos são presos pelo Garras

Os dois presos permanecem em um cela do Garras até serem transferidos para o presídio

Geisy Garnes
Suspeitos, de 60 e 32 anos, estão na sede do Garras (Foto: Divulgação)Suspeitos, de 60 e 32 anos, estão na sede do Garras (Foto: Divulgação)

Equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) prenderam na noite desta quarta-feira (10) dois homens, de 32 e 60 anos, que estavam foragidos por crimes de estupro de vulnerável. Eles são acusados de abusar sexualmente da filha e da neta – que tinham 9 e 12 anos na época dos casos.

O homem de 32 anos é apontado pela polícia como autor do estupro da própria filha, que na época tinha 9 anos. Conforme o registro, a menina contou sobre os abusos para a mãe após passar três dias com o pai no feriado de 12 de outubro, em 2011, para comemorar o dia das crianças.

A criança relatou ainda que não era a primeira vez do crime e que o pai pedia para ela não contar a ninguém. Oito anos após as denúncias, o suspeito acabou preso preventivamente pelos policiais da especializada na noite de ontem na Rua Marisa de Andrade Ribeiro, no Rita Vieira.

Nesta madrugada os policiais encontraram e prenderam um homem de 60 anos, acusado do estupro da neta, no Jardim Noroeste. O crime foi denunciado pela própria vítima ao Conselho Tutelar em 2015. Na época a menina tinha 12 anos e contou que os abusos aconteciam duas vezes na semana na casa do suspeito desde que ela tinha 8 anos.

Ela relatou ainda que o avô “justificava” o crime alegando que estava ensinando tudo que ela precisava saber quando fosse mais velha. As investigações e laudos do exame de corpo de delito confirmaram o estupro. Os dois presos permanecem em um cela do Garras até serem transferidos para o presídio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions