A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/09/2012 20:50

Bancários decidem neste quarta-feira se continuam em greve

Nyelder Rodrigues

A contraposta que a Fenaban (Federação Nacional de Bancos) ofereceu nesta terça-feira (25) aos bancários em greve em todo o Brasil foi considera positiva pelo Comando Nacional de Greve da categoria e vai recomendar aos sindicatos regionais a aprovação dos valores.

Conforme a Agência Brasil, a Fenaban concedeu reajuste de 7,5%, sendo 2% de aumento real, e elevação do piso da categoria, do vale refeição e do vale-alimentação em 8,5%, sendo 2,95% de reajuste sobre a inflação.

Nesta quarta-feira (26), serão realizadas assembleias nos sindicatos de todo o país. Em Campo Grande, a reunião começa às 18h30. Cerca de 3 mil bancários são esperados para decidir se continuam ou não a greve na Capital.

“O fato de o comando nacional ser simpático aos valores da Fenaban não quer dizer que a proposta seja aprovada. Há questões específicas da Caixa Econômica e do Banco do Brasil a serem analisadas também”, explica a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Iaci Terezinha Rodrigues de Azamor Torres.

Segundo Iaci, o principal ponto na Caixa está na isonomia, já que existem diferenças nas carreiras dos funcionários mais antigos e dos mais novos, contratados depois de 1998. Já no Banco do Brasil, há a questão da jornada de trabalho. Pela CLT, seria de 6h, mas os funcionários trabalham 8h, exceto os caixas.

Reajustes - A categoria pede reajuste de 10,25%, valor equivalente a 5% de aumento descontada a inflação do período. Antes da greve, os bancos propuseram aumentar os salários em 6%, garantindo ganho real de apenas 0,58%.

No Brasil, foram paralisadas 9,3 mil agências durante a greve, que começou no dia 18. Em Campo Grande, somente nesta terça, 80 agências das 118 existentes ficaram fechadas. Nesta quarta-feira (26), a previsão é que no mínimo essas 80 agências sigam fechadas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions