A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/01/2016 09:37

Bandidos se passam por compradores, fazem família refém e roubam picape

Viviane Oliveira

Bandidos se passaram por compradores, fizeram uma família refém e fugiram levando vários objetos e uma picape. O crime aconteceu por volta das 21h30 de ontem (21), na Rua Rocha Pombo, no Bairro Caiçara, em Campo Grande.

Os ladrões chegaram até a família depois de anúncio de venda de veículo na internet. As vítimas foram um casal, de 51 anos e 45 anos, e o filho deles, 21.

Conforme a Polícia Civil, o rapaz contou que na semana passada anunciou o veículo Saveiro, de cor prata e de placas de Dourados, no site da OLX. Ontem, um homem identificado como Júnior ligou dizendo que tinha interesse e que seu filho iria até o endereço para dar uma olhada no veículo, porém levaria junto um mecânico que o ajudaria a vistoriar a picape.

Ontem, por volta das 21h30, um homem ligou e se identificou como Henrique, filho de Júnior. Ele disse que estava na esquina, próximo a residência, mas não sabia o número da casa. A vítima, mesmo desconfiada por causa do horário, passou o número do imóvel. Henrique acompanhado com o suposto mecânico foi até o endereço. Os dois estavam a pé e disseram que tinham ido até o local de ônibus.

A vítima, então, deixou os dois entrar depois de muita insistência em querer ver o carro. O suposto mecânico deitou para verificar o assoalho, momento em que Henrique pediu um copo com água. A mulher foi até a cozinha e quando voltou foi surpreendida pela dupla, um armado com faca e outro com revólver, informando sobre o assalto.

Os bandidos perguntaram se havia mais alguém na casa, a mulher disse que sim, o esposo e o filho dela que estava tomando banho. O mecânico colocou os três dentro de um dos quartos, fechou as janelas e disse "não olhe para nenhum de nós dois, não queremos matar ninguém". Enquanto isso, Henrique pegava os objetos e colocava na carroceria do veículo. Antes de fugir, os bandidos amarraram as vítimas e deram um tiro dentro da casa.

Além da picape, os bandidos levaram celulares, computador, coturno, dinheiro, micro-ondas, bolsa, cartões de banco e documento do veículo. Depois do crime, as vítimas conseguiram se soltar e acionaram 190. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Suposto cliente - Em abril do ano passado, Erlon Peterson Pereira Bernal, 33 anos, foi vítima de latrocínio após anunciar a venda do seu veículo Golf, na internet. Ele recebeu ligação e saiu para se encontrar com o suposto cliente. Porém, acabou caindo em uma armadilha. Ele foi assassinado e o corpo enterrado em uma fossa séptica. Os envolvidos no caso foram presos.



O povo não aprende mesmo.
Pague uma comissão a um logista e venda seu carro consignado.
Quem tudo quer, tudo perde.
Mais um exemplo da ganância de um vendedor do próprio veículo.
Anunciou, e abriu as portas da sua casa, para o bandido levar.
2xssaz
 
josé luiz kreutz em 22/01/2016 21:39:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions