A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Novembro de 2019

17/10/2019 13:53

Bêbado, motorista bate em carro, foge, causa outro acidente e é preso

O condutor só parou porque subiu com a caminhonete em calçada e bateu também em pequenos postes de concreto

Anahi Zurutuza e Clayton Neves
Frente da caminhonete depois de bater em dois carros (Foto: Marcos Maluf)Frente da caminhonete depois de bater em dois carros (Foto: Marcos Maluf)

Visivelmente embriagado, o motorista de uma Nissan Frontier bateu em um carro parado em semáforo e ao tentar fugir, colidiu em um veículo estacionado. Os dois acidentes foram na Avenida Coronel Antonino no início da tarde desta quinta-feira (17) e o condutor só parou porque subiu com a caminhonete em calçada e bateu também em pequenos postes de concreto.

O homem, que se identificou para equipe do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) somente como Josias, foi preso, mesmo se recusando a fazer o teste do bafômetro.

A professora Ellen Grubert, de 34 anos, conta que depois da primeira batida, o homem desceu da caminhonete cambaleando. “De longe deu para sentir o cheiro de álcool”.

Dona do Fiat Argo, que estava parado no semáforo, ela narra ainda que o motorista questionou: “o que você quer? Problema ou dinheiro?”. Mas, fez menção que iria voltar para o veículo e ir embora. Ela tentou impedir e o homem disse que a placa da Nissan Frontier era paraguaia e por isso, a motorista nunca o encontraria.

“A sorte é que eu não estava com o meu bebê”, completou Ellen, que tem um filho de 1 ano, mas levava no carro só a irmã.

Traseira do Renault Sandero também ficou completamente destruída (Foto: Marcos Maluf)Traseira do Renault Sandero também ficou completamente destruída (Foto: Marcos Maluf)
Caminhonete tem placas do Paraguai (Foto: Marcos Maluf)Caminhonete tem placas do Paraguai (Foto: Marcos Maluf)

Conforme o relato, o motorista entrou na caminhonete e saiu cantando pneu. Poucos metros depois, ele perdeu o controle da direção e bateu no Renault Sandero que pertence a Deise Oliveira Medeiros, 36 anos, e estava estacionado. Ela trabalha perto do local do acidente e conta que ouviu o barulho e o alarme disparar.

O impacto da batida foi tão forte que uma cadeirinha de bebê que estava no porta-malas foi parar no banco traseiro e ficou destruída. “Quando ouvi, não imaginava esse estrago. Não tenho seguro”, contou.

O documento da Frontier realmente é do Paraguai. O motorista foi algemado e colocado em camburão, mesmo se recusando a fazer o exame de alcoolemia.

Uma das pistas foi interditada para o trabalho da perícia de trânsito e por isso, o tráfego ficou lento no local. Veja o vídeo:



Precisamos mudar nossas leis. Causou um acidente de transito embriagado, fica na cadeia até reparar o estrago, não se importando se o bem é publico ou privado. A parte mais dolorida do ser humano é o bolso.
 
Alex André de Souza em 17/10/2019 15:32:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions