ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Bebê espancado recebe alta médica e polícia libera pai suspeito do crime

Por Bruno Chaves | 20/12/2013 16:33

O bebê de dois meses de idade que deu entrada na Santa Casa de Campo Grande com múltiplas fraturas, na quinta-feira (19), recebeu alta médica por volta das 15h de hoje (20). O pai de 21 anos, que confessou que espancava o filho, foi liberado pela polícia.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a menina ficou internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave, com várias fraturas pelo corpo e hemorragia na cabeça, além de vários hematomas. Ela deixou a unidade hospitalar na companhia da mãe, uma adolescente de 14 anos.

O delegado que investiga o caso, Paulo Sérgio Lauretto, da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), decidiu liberar o suspeito do crime por entender que não há necessidade de ele ficar detido.

Lauretto só entrará com pedido de prisão preventiva se o jovem der motivos de que pode maltratar a criança. O rapaz de 21 anos ficou detido na delegacia e prestou depoimentos na manhã desta sexta-feira, quando confessou que agredia a filha na ausência da mãe.

Ele contou, em depoimento, que batia na filha porque se irritava com o choro. Conforme relatos, as agressões ocorriam há 15 dias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário