ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  13    CAMPO GRANDE 12º

Capital

Bebê morre após sofrer queimaduras durante churrasco em Campo Grande

Por Francisco Júnior | 13/02/2012 10:19

Acidente aconteceu no dia 7 de fevereiro durante uma festa de aniversário

Um bebê de 1 ano e seis meses morreu ontem (12), na Santa Casa de Campo Grande, após sofrer queimaduras de terceiro grau durante um churrasco. Pedro Henrique do Carmo estava internado no hospital desde o dia do acidente, 7 de fevereiro.

De acordo com o registro policial, o acidente aconteceu na casa da família da vítima, que fica na Vila Planalto. No local estava sendo realizada uma festa de aniversário. Um amigo da mãe da criança, ao tentar reacender o fogo da chapa utilizando álcool líquido acabou provocando uma explosão.

As chamas atingiram o bebê, a mãe dele e a irmã. Pedro Henrique sofreu queimaduras por todo o corpo. As vítimas foram socorridas pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa. O bebê morreu ontem, por volta das 11h40, em decorrência da gravidade dos ferimentos.

O corpo de Pedro Henrique será sepultado às 10 horas de hoje, no cemitério Santo Amaro.

O avô da vítima registrou um boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro como morte a esclarecer.

Em abril do ano passado, Thiago Jean Phillipe Teixeira de Souza, de 9 anos, morreu também vítima de queimaduras. Ele teve 60% do corpo queimado. O acidente aconteceu quando ele brincava com álcool e fósforo na calçada de casa, no bairro Coophamat. Ele estava na companhia da irmã.

O resultado da brincadeira foram chamas, que “correram” pelo caminho com álcool, derrubaram a garrafa e iriam atingir a menina, se Thiago não tivesse entrado na frente.

O menino teve o corpo todo queimado na tentativa desesperada de impedir que a irmã, de 2 anos, fosse consumida pelas chamas.

O irmão mais velho, Matheus Jean Teixeira de Souza, 11 anos, ainda tentou socorrer o menino, jogando água fria e chamando os bombeiros. A irmã ainda teve queimaduras na perna.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário