A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/11/2013 08:17

Bombeiros aprovam projeto de segurança em edifício da década de 60

Luciana Brazil
Edifício Palácio do Comércio em Campo Grande. Construído na década de 60, o prédio foi aprovado recentemente pelo Corpo de Bombeiros. (Foto:Divulgação/ Cosenge)Edifício Palácio do Comércio em Campo Grande. Construído na década de 60, o prédio foi aprovado recentemente pelo Corpo de Bombeiros. (Foto:Divulgação/ Cosenge)

O novo Código de Segurança contra Incêndio do Corpo de Bombeiros, publicado em abril deste ano, prevê adequações que devem ser feitas também em edificações construídas anteriormente a promulgação da lei. Em Campo Grande, o edifício Palácio do Comércio, construído na década de 60, foi recentemente aprovado pelo Corpo de Bombeiros.

O objetivo da legislação é adequar as edificações às condições necessárias de segurança contra incêndio. Sem deficiências na arquitetura e no sistema preventivo de incêndio, as construções podem ser aprovadas junto ao Corpo de Bombeiros.

As construções feitas antes da lei precisam passar por ajustes para atender ao sistema de segurança.

Entre as exigências das normas técnicas estão as adaptações em escadas, instalação de equipamentos preventivos de incêndio, definição de rotas de fuga com distâncias máximas que as pessoas deverão percorrer para sair da edificação e também questões de compartimentação de áreas, que visa o isolamento de riscos.

Conforme o diretor da Cosenge Engenharia de Incêndio, empresa responsável por desenvolver projetos de segurança contra incêndio, o engenheiro Mario Borges, afirma que Norma Técnica 43, prevista no projeto de segurança, regulamenta as condições mínimas para edificações e enumera as situações.

Borges citou como exemplo o projeto do Edifício Palácio do Comércio. Segundo ele, as escadas e saídas de emergência construídas a época não atendiam às legislações atuais, mas com o uso da nova norma dos bombeiros foi possível aprovar o projeto com algumas exigências de adaptações, inclusive com a instalação de uma passarela suspensa interligando os 2 blocos do edifício.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions