A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/03/2016 10:26

Buraco gigante engole rua e causa transtorno no Jardim Colúmbia

Viviane Oliveira e Caroline Maldonado
O problema se agrava a cada chuva. (Foto: Marcos Ermínio) O problema se agrava a cada chuva. (Foto: Marcos Ermínio)
A rua dá acesso a BR, porém quando chove o local fica intransitável. (Foto: Marcos Ermínio) A rua dá acesso a BR, porém quando chove o local fica intransitável. (Foto: Marcos Ermínio)

Uma cratera abriu na Jarauçu, rua paralela a BR-163, no Jardim Colúmbia, região Norte de Campo Grande. Os moradores e motoristas, que se deparam com a situação quando chegam ao final da via, sofrem com o transtorno e são obrigados a mudar o trajeto. A tubulação do buraco está exposta e entupida.

O problema no local se arrasta há mais de ano, mas quando chove a situação piora. O mestre de obras Ruben da Roda, 47 anos, conta que há 1 mês a CCR MS Via, concessionária que administra a BR-163, fez uma limpeza no buraco e começou a tampar com terra. Porém, não concluíram o trabalho. “Isso atrapalha a obra que nós estamos fazendo aqui perto, pois fica difícil a entrada e saída de caminhão”, reclama.

Mais adiante, na mesma rua com o cruzamento com a Avenida Caruna, uma erosão virou lagoa e deixou a via intransitável. O comerciante Jânio Borges, 53 anos, pretendia sair do bairro pela rua, mas teve que fazer o retorno para não atolar. “Eu vou andar 2 mil metros a mais, por causa de 10 metros que ainda não tem pavimentação. Isso acontece, porque o asfalto termina antes de chegar na rodovia”, lamenta. 

A situação na região também causa prejuízo aos comerciantes. O encarregado de uma empresa que trabalha com massa corrida, Maurício cândido, 53 anos, conta que o trabalho precisa ser interrompido nos dias de muita chuva. A rua fica intransitável, não tem como passar nenhum tipo de veículo. A gente já entrou em contato com a prefeitura, mas até agora não tivemos retorno”. Segundo ele, faz 6 meses que a empresa se instalou na região, porém a situação tem se agravado. “A gente acaba perdendo dinheiro”, diz. 

Temporal - A chuva da madrugada de hoje foi mais forte na região do Parque dos Poderes. Por lá, o volume registrado foi de 92,6 milímetros, o que representa 57% da média prevista para todo o mês na cidade. Também choveu forte na região dos Bairros Universitário e Moreninha, com 77 milímetros. Já no Alphaville, o volume foi de 55 mm e na região da Vila Popular, de 21,2 mm. Conforme o meteorologista da Uniderp, Nathálio Abrão, o esperado para todo o mês de março é de 162 milímetros. 

Motorista teve que mudar o trajeto. (Foto: Marcos Ermínio) Motorista teve que mudar o trajeto. (Foto: Marcos Ermínio)
Moradores reclamam da situação. (Foto: Marcos Ermínio) Moradores reclamam da situação. (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions