A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/02/2016 17:41

Buracos conseguem tirar até beleza de bairro onde ruas têm nomes de flores

Súzan Benites e Ricardo Campos Jr.
Rua Gardênia, bairro Cidade Jardim, é uma das mais esburacadas (Foto: Alan Nantes)Rua Gardênia, bairro Cidade Jardim, é uma das mais esburacadas (Foto: Alan Nantes)
Moradores reduzem a velocidade para andar no bairro (Foto: Alan Nantes)Moradores reduzem a velocidade para andar no bairro (Foto: Alan Nantes)

A situação do bairro Cidade Jardim é bem diferente da beleza que carregam os nomes de suas ruas, a maioria em homenagem às flores. Com as principais vias de acesso esburacadas, moradores cobram providências da Prefeitura. Além de forçar longos desvios para chegar ao Centro, por exemplo, as crateras também ameaçam a segurança dos condutores.

O cruzamento das ruas Gardênia e San Marino Park, que liga a região aos altos da Avenida Afonso Pena, por exemplo, está a beira de ficar intransitável. São tantas fendas que os motoristas reduzem ao máximo a velocidade para não quebrarem os veículos.

“Eu procuro passar com cuidado. Nessas ruas tem que praticamente frear para passar. Eu trabalho com bastante cuidado”, afirma o prestador de serviços Tarley Mascena. Ele não mora na região, mas passa pelo local diariamente a caminho do serviço.

Ida Nagamati mora em um condomínio bem no cruzamento citado anteriormente. Segundo ela, os buracos favorecem a ação de bandidos, já que eles podem aproveitar o momento em que os condutores reduzem a velocidade para cometer assaltos.

Além disso, as crateras também tumultuam o trânsito e arriscam a segurança de quem trafega pela região. “Os buracos têm prejudicado e muito, inclusive tem perigo de acidente”, pontua.

A moradora culpa a administração pública pelos problemas e se diz indignada em não ter o retorno esperado dos impostos que paga e que deveriam ser investidos em mobilidade urbana, como IPTU e IPVA.

“Precisa manter as ruas, pelo menos, em condições de a gente poder trafegar com segurança. Até corto, não venho pela Afonso Pena por conta dessa buraqueira. Eu acho que isso aí é falta de administração. Não é nem problema de dinheiro, de caixa”, pontua Ida.

O município já havia dito anteriormente que está priorizando as vias com linhas de ônibus ou as mais movimentadas, o que pode explicar por que as ruas da Cidade Jardim têm ficado de fora da operação, assim como as vias de vários bairros da Capital.

A Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) não especifica quando a operação tapa-buracos chegará ao bairro. De acordo com a Prefeitura, a relação de ruas onde a operação será realizada é diária, por isso, não pode informar um prazo.

Moradores deram nome aos buracos no Cidade Jardim (Foto: Alan Nantes)Moradores "deram nome" aos buracos no Cidade Jardim (Foto: Alan Nantes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions