ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SEGUNDA  06    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Cães passam quatro meses amarrados em quintal e jovem vai presa por maus-tratos

Animais foram levados para o CCZ para cuidados e mulher foi levada para delegacia

Por Mariely Barros e Bruna Marques | 10/08/2021 12:18
Cães em quintal de residência no Bairro Guanandi 2. (Foto: Decat/Divulgação)
Cães em quintal de residência no Bairro Guanandi 2. (Foto: Decat/Divulgação)

Mulher, de 25 anos, foi presa em flagrante na manhã desta terça-feira (10), por deixar dois cães amarrados 24 horas por dia no quintal de casa no Guanandi 2, região sul da Capital. Segundo a polícia, os animais estavam nesta situação há quatro meses.

Conforme o delegado Maércio Barbosa, titular da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista), a mulher e o marido já haviam sido alertados e recebido orientações do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e da PMA (Polícia Militar Ambiental) sobre as condições dos animais.

Como eles ficavam amarrados, a polícia encontrou uma casinha pequena com água dentro de uma panela de pressão.

A fêmea tem um ano e meio de idade e se chama Nina. O macho, Zeus, tem dois anos. Os dois foram levados para o CCZ, onde vão passar por exames para saber o estado de saúde.

Uma estudante, de 19 anos, vizinha do casal contou ao Campo Grande News, que os animais sempre ficavam amarrados. “Na chuva e no sol. No frio, alguém denunciou”, diz.

Ela contou que durante o dia ninguém ficava na casa e os vizinhos se preocupavam se havia comida e água para os animais.

O marido não foi preso, porque não estava na casa no momento do flagrante. A jovem vai passar por audiência de custódia e deve responder criminalmente por maus-tratos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário