A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

27/10/2017 22:47

Caixas explodidos por Tio Arantes não têm previsão para voltar funcionar

Nyelder Rodrigues e Geisy Garnes
Local onde ficam caixas do Banco do Brasil no Parque Laucídio Coelho ficou destruído (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Local onde ficam caixas do Banco do Brasil no Parque Laucídio Coelho ficou destruído (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Os caixas eletrônicos explodidos no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, em ação que teria sido organizada por Tio Arantes, antigo líder do PCC (Primeiro Comando da Capital), ainda não têm previsão para voltar a funcionar, segundo informação do Banco do Brasil.

O crime aconteceu na madrugada de 11 de outubro, na sede da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul). A logística dos bandidos incluiu troca de carros, armadilhas com pregos nas ruas do entorno ao parque e técnica de explosão menos danosa às cédulas de dinheiro.

Segundo apurado pelo Campo Grande News na data, os ladrões invadiram o parque, renderam os dois seguranças do local e explodiram os terminais eletrônicos. Para isso, os suspeitos usaram explosivos improvisados, feitos a partir de pólvora compactada, que causa menos danos às cédulas.

Os bandidos, pelo menos seis deles, só não contavam que durante a fuga seriam flagrados por policiais militares que ouviram as explosões e resolveram verificar o que acontecia. Uma troca de tiros aconteceu nas ruas em torno do parque, mas ainda assim a quadrilha conseguiu escapar.

Durante às investigações, os policiais chegaram até José Cláudio Arantes, o Tio Arantes, conhecido por sua extensa ficha criminal, com várias prisões - e solturas - e, principalmente, por liderar a maior rebelião já realizada até hoje no Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, em 14 de maio de 2006, um Dia das Mães.

Tio Arantes, de 62 anos, foi preso em um condomínio da avenida Marquês de Pombal na noite de segunda-feira (23). Foi através de denúncias, que policiais do Batalhão de Choque chegaram ao suspeito.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions