A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

01/04/2018 11:20

Câmeras flagram ladrões furtando barco de R$ 7 mil na madrugada

Barco foi levado junto de carretinha usada para transporte; embarcação estava a menos de 24 horas estacionado em frente de residência do bairro Monte Castelo

Liniker Ribeiro
Homem acoplando carretinha usada para transporte do barco na traseira de veículo (Foto: Reprodução)Homem acoplando carretinha usada para transporte do barco na traseira de veículo (Foto: Reprodução)

Moradores do bairro Monte Castelo, em Campo Grande, registraram boletim de ocorrência na manhã deste domingo (1º) após terem um barco de pesca furtado, durante a madrugada. A ação dos bandidos foi rápida. Eles apenas acoplaram a carretinha na parte traseira de um veículo e fugiram. O furto ocorreu por volta das 4h e foi flagrado por câmeras de segurança de um imóvel da rua Álvaro Inácio de Souza.

De acordo com um dos proprietários da embarcação, o mecânico Rafael Ortiz Riquelme Calado, de 29 anos, o barco e a carreta para transporte estão avaliados em R$ 7 mil. Ambos foram trazido na manhã de ontem (31) do antigo rancho da família e não ficaram nem 24 horas no local.

“O barco ficava no rancho, em Rochedo, e como vendemos o imóvel foi preciso trazer ele para Campo Grande. Chegou aqui por volta das 8h30 de ontem”, afirmou. Ainda de acordo com o proprietário, a embarcação estava em frente ao imóvel porque os donos da casa haviam se esquecido de recolher os materiais.

“O pessoal estava fazendo um churrasco e acabou esquecendo de guardar tudo antes de ir dormir”, justificou Rafael.

Vídeos enviados ao Campo Grande News mostram que toda a ação durou menos de 30 segundos. Nas imagens, um homem vestindo uma jaqueta preta, calça jeans e boné, desce de um carro de cor escura e, rapidamente, acopla a carreta para transporte do barco na traseira do veículo.

Em seguida, o motorista do automóvel seguiu em frente, tomando rumo ignorado. As vítimas não conseguiram identificar o suspeito, nem mesmo o veículo usado na ação. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions