A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/10/2015 09:54

Campanha orienta população sobre tratamento e como prevenir dor nas costas

Flávia Lima
Atividades físicas devem ser feitas observando a postura correta. (Foto:Fernando Antunes)Atividades físicas devem ser feitas observando a postura correta. (Foto:Fernando Antunes)
Fisioterapeuta Lígia Catanante alerta sobre a importância de procurar um profissional para tratar o problema. (Foto:Fernando Antunes)Fisioterapeuta Lígia Catanante alerta sobre a importância de procurar um profissional para tratar o problema. (Foto:Fernando Antunes)

Poucas pessoas sabem, mas as dores nas costas são o principal motivo de afastamento do trabalho no Brasil, além dos pedidos de aposentadoria e licenças médicas. A situação se agrava com um padrão de vida cada vez mais corrido, com a falta da prática de exercícios físicos regulares, de hábitos saudáveis e com o estresse profissional que se tornou rotina para os brasileiros. Segundo a fisioterapeuta Lígia Catanante, todos as pessoas estão sujeitas, em um período da vida, a sofrer desse mal.

As causas variam desde a má postura, inflamação ou mesmo hérnia de disco. No entanto, qualquer que seja o motivo, ele traz como consequência a lombalgia, que prejudica as atividades diárias, comprometendo a qualidade de vida.

O maior problema, conforme explica Lígia, é que muitas pessoas, ao invés de buscar orientação de um profissional de saúde, recorre a automedicação, o que pode, além de agravar o problema, causar outras complicações no organismo.

Visando a orientação da população, profissionais ligados a Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna estão distribuídos nesta sexta-feira (16), em vários pontos de Campo Grande, para orientar e esclarecer dúvidas da população quanto a dor nas costas.

Logo cedo, uma equipe distribuía panfletos e abordava os usuários do Belmar Fidalgo. Quem solicitava, poderia realizar um teste rápido para verificar a situação de sua coluna.

Até o final do dia a ação acontecerá ainda, em um parque na região do Itanhangá Park, supermercados Comper da Avenida Zahran e Rui Barbosa. No final da tarde a equipe retorna ao Belmar Fidalgo para abordar as pessoas que praticam exercícios no final do dia.

A campanha deve ocorrer até às 19h30, com a distribuição de cartilhas que orientam sobre a prática correta de exercícios até as maneiras de carregar objetos pesados em casa, sem prejudicar a coluna.

De acordo com Lígia Catanante, o tratamento para a dor na coluna pode unir a medicação tradicional a técnicas de fisioterapia e até acupuntura. Ela explica que a má postura, por exemplo, pode ser corrigida com RPG, sigla que significa Reeducação Postural Global.

Através desses exercícios, é possível corrigir todos os movimentos que realizamos de maneira equivocada com o corpo. “A prevenção é fundamental, mas é importante lembrar que nem todo caso exige cirurgia. O tratamento feito com um profissional adequado garante a recuperação da qualidade de vida”, ressalta.

Como a ginástica laboral pode evitar dores nas costas e faltas ao trabalho
A rotina da maioria da população brasileira é acordar cedo, pegar transporte público e trabalhar o dia todo. Algumas profissões deixam as pessoas com...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions