ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  30    CAMPO GRANDE 38º

Capital

Campo Grande tem mais 4 mortes e 517 casos de covid confirmados

Capital chega a total de 153 óbitos e passa dos 11,3 mil contaminados pelo novo coronavírus

Por Gabriel Neris | 04/08/2020 18:48
Protegido pela máscara, homem caminha no Centro de Campo Grande (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Protegido pela máscara, homem caminha no Centro de Campo Grande (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Boletim da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) divulgado na noite desta terça-feira (4) revela mais quatro mortes por covid-19 em Campo Grande e 517 novos casos confirmados da doença.

As vítimas são duas idosas, de 66 e 71 anos, que sofriam de doença cardiovascular crônica, e dois homens, de 58 e 78 anos, que tinham doença neurológica crônica e doença cardiovascular crônica, respectivamente.

Agora, o município registra 153 óbitos provocados pela doença e total de 11.351 pessoas contaminadas. Destas, 1.493 estão em isolamento domiciliar e 293 internadas, sendo 149 em leitos clínicos e 144 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Por outro lado, Campo Grande chegou a 9.412 casos de pacientes recuperados do novo coronavírus.

A terça-feira foi marcada por ação judicial da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul pedindo a adoção de fechamento total do município, o chamado lockdown, para frear a disseminação da doença.

A Defensoria avalia que a decisão determinada deve ser a “de medida de restrição total (lockdown) pelo prazo mínimo de 14 dias enquanto o novo coronavírus continuar em circulação”. O órgão entende, ainda, que essa providência é necessária “sempre que os leitos de UTI disponíveis na rede pública ultrapassar o limite de 80% de ocupação”.

Em resposta, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) garante que os números indicam que a Capital passará pela pandemia sem colapso na rede de saúde. Disse ainda que a curva de crescimento da doença deve seguir “achatada” a partir de agora.

Regras de comentário