A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

08/11/2017 14:36

Campo-grandense é selecionada para ser jovem embaixadora nos EUA

Maria Eduarda, 17, embarcará em janeiro para intercâmbio de 3 semanas, junto com outros 49 alunos de escolas públicas de todo o País.

Anahi Gurgel
Maria Eduarda, 17, será representante de Mato Grosso do Sul na Embaixada Americana. (Foto Divulgação)Maria Eduarda, 17, será representante de Mato Grosso do Sul na Embaixada Americana. (Foto Divulgação)

A campo-grandense Maria Eduarda Silva, de 17 anos, foi a única aluna de Mato Grosso do Sul selecionada pelo Programa Jovens Embaixadores 2018 para participar de intercâmbio de 21 dias nos Estados Unidos. Ela embarca no dia 9 de janeiro, com outros 49 estudantes de escolas públicas brasileiras.

Maria Eduarda, que é aluna do Ensino Médio na Escola da Autoria José Barbosa Rodrigues, localizada no Bairro Universitário, soube da seleção na semana passada, quando a relação dos estudantes foi divulgada pela embaixada americana.

“Estou muito feliz. Quando vi minha foto no site de divulgação quase não acreditei. Tudo o que fiz, o que corri atrás com meus pais e meus professores, deu certo. Estou muito realizada”, comemora a estudante.

Ela viaja dia 9 de janeiro para Brasília (DF) e dia 12 pra Washington-DC, onde permanece até dia 17. As outras cidades americanas onde os jovens ficarão ainda não foram divulgadas. 

Em todo o estado, 185 alunos se inscreveram, sendo que 20 foram selecionados e 4 ficaram entre os semifinalistas. Cada estado brasileiro conta com, pelo menos, um representante.

“Estou super empolgada para a viagem porque tem tudo a ver com a faculdade que eu quero: Relações Públicas. A primeira semana será na Capital, Washington, e me dará uma bagagem diferente, que só a universidade não me proporcionaria”, acredita.

Programa – Todos os estudantes selecionados passaram por um processo que envolveu inscrições, comprovação documental e exame escrito e oral.

O Programa Jovens Embaixadores foi criado em 2003 e tem por objetivo valorizar alunos brasileiros da rede pública que possuam perfil de liderança, engajamento social, conhecimento da língua inglesa e nunca tenham visitado os Estados Unidos. A faixa etária para participar é de 15 a 18 anos.

Total de 522 jovens brasileiros já participaram da iniciativa. A Secretaria Estadual de Educação é a instituição parceira responsável pela seleção dos estudantes. O processo de seleção ocorre no fim do primeiro semestre de cada ano.

São parceiros da iniciativa o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos e as empresas FedEx, MSD, Dow Brasil, Microsoft, Bradesco, IBM, American Airlines e Boeing Brasil.

O Jovens Embaixadores é hoje realizado em todos os países do continente americano conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions