A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/08/2014 08:44

Canal 156 encurta distância entre campo-grandense e Prefeitura

Ludyney Moura
Maurício mostra o muro da casa que já foi atingido por carros que se envolveram em acidentes em frente à sua casa (Fotos: Marcelo Calazans)Maurício mostra o muro da casa que já foi atingido por carros que se envolveram em acidentes em frente à sua casa (Fotos: Marcelo Calazans)
Depois de ter sua solicitação atendida em menos de 48 horas, o advogado agora quer um redutor de velocidade próximo da nova placa de PareDepois de ter sua solicitação atendida em menos de 48 horas, o advogado agora quer um redutor de velocidade próximo da nova placa de Pare

Em funcionamento na Capital desde 2011, a Central 156 da Prefeitura de Campo Grande existe para integrar as secretarias e viabilizar um relacionamento mais próximo do cidadão com o poder público. É por meio deste canal que o campo-grandense pode, por exemplo, solicitar sinalização nas ruas da cidade e agendamento na retirada de alvarás.

Morador da Vila Almeira e cansado do número de acidentes no cruzamento em frente a sua casa, o advogado Maurício Alexandre Abdala ligou para o serviço e se surpreendeu com a rapidez no atendimento. "Eu liguei no fim de um dia e em mais ou menos 36 horas já colocaram uma placa de Pare aqui. Agora, nós estamos querendo pedir um redutor de velocidade na rua, que é linha de ônibus e porque além de ter igrejas é rota de passagens dos estudantes das escolas de perto", diz o campo-grandense.

Maurício revela que poucos dias após a colocação da sinalização vertical, um representante da Prefeitura entrou em contato com ele para verificar a execução do serviço. "Eu já tinha ido atrás outras vezes, mas ninguém tinha resolvido, e dessa vez fomos bem atendidos e rápido", revela.

"Nós estamos tentando integrar todas as secretarias ao sistema, para oferecer um bom serviço de apoio à população. Hoje o cidadão já pode agendar, por exemplo, a solicitação de alvarás da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), o que antes demandava várias visitas à Central do Cidadão para ser atendido", diz o secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel.

O representante da empresa responsável pelo serviço na Capital, Thiago de Figueiredo, explica a gama de serviços que são oferecidos pelo 156. "O cidadão pode fazer desde denúncias sobre queimadas e terrenos baldios, até fazer o agendamento para retirada do Habite-se. Temos um projeto para aumentar esses agendamentos, para ajudar a desafogar a Central do Cidadão", pontua. Desde seu início, o 156 retirou das filas das centrais de atendimento da Prefeitura quase 200 campo-grandenses por dia. 

Segundo Figueiredo, a maior parte das solicitações feitas ao serviço dizem respeito ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). "Praticamente 70% das ligações são das pessoas perguntando sobre parcelamento, débitos, e nós levantamos as informações necessárias para facilitar o atendimento", explica. A Central 156 também informa os usuários do transporte público sobre os itinerários dos ônibus que circulam na Capital.

A média mensal de atendimentos do serviço é de 6 mil solicitações, número que chega a 15 mil nos meses de maior procura, como janeiro e fevereiro, quando há pagamento do IPTU. "A intenção da Prefeitura é dar tranquilidade e comodidade a quem usa os serviços públicos. Na semana passada o próprio prefeito (Gilmar Olarte, PP) entrou em contato com uma pessoa que tinha feito uma solicitação para comunicar que nós estávamos atendendo aquele pedido", disse Pimentel. 

Outro campo-grandenses que também celebra o canal 156 é o morador do Jardim dos Estados, Eurde Carlos Garcia, que solicitou uma placa de Pare para o cruzamento das ruas Abraão Júlio Rahe com a Sergipe. Uma pintura de faixa também foi feita no local. “O serviço deixou uma boa impressão. E eu tive meu pedido atendido bem rápido”, revela Garcia. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions