ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 35º

Capital

Candidato foge do hospital ferido e vai à delegacia

Saulo Batista foi ferido no tórax e braço e estava na Santa Casa de onde fugiu por volta das 15h18

Ana Paula Chuva | 26/09/2022 16:23
Saulo chegou a ser levado para o hospital, mas já recebeu alta. (Foto: Reprodução | Facebook)
Saulo chegou a ser levado para o hospital, mas já recebeu alta. (Foto: Reprodução | Facebook)

O candidato a deputado federal, Saulo Batista (Republicanos), 40 anos, fugiu do hospital e está na delegacia prestando depoimento. O homem foi esfaqueado na manhã desta segunda (26), em prédio residencial de luxo na Travessa Ana Vani, entre a Afonso Pena e a 15 de Novembro, em Campo Grande.

Saulo foi ferido no braço esquerdo e tórax por Daisa Garcia, 29 anos, e chegou à delegacia com o braço enfaixado e acompanhado por uma mulher. Segundo a Santa Casa, o "Paciente: S.B.S, de 40 anos, evadiu-se do hospital as 15h18". No entanto, conforme apurado pelo Campo Grande News, o homem já estava no local por volta das 14h10, para prestar depoimento.

Ele chegou na a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) pouco tempo depois do advogado Abadio Rezende. No registro policial, o homem é colocado como autor e vítima e Daisa como suspeita.

A informação de que o homem está na delegacia foi confirmada pela advogada da suspeita, Kalanit Arruda, que relatou que neste momento Saulo é ouvido pelo delegado.

Daisa chegou na delegacia com vestido sujo de sangue e chorando bastante. (Foto: Paulo Francis)
Daisa chegou na delegacia com vestido sujo de sangue e chorando bastante. (Foto: Paulo Francis)

"Traindo amante" - Testemunhas disseram que Daisa seria amante do candidato e morava no mesmo prédio que Saulo. Hoje ela teria descido até o apartamento do homem e o pegou com outra mulher. A suspeita chegou à delegacia com a roupa toda suja de sangue e chorando muito.

Informações são de que a esposa do candidato mora em Fortaleza, no Ceará, mas Daisa era com quem ele se apresentava em Campo Grande.  Nas redes sociais, Saulo se apresenta como "Marido apaixonado, pai de dois lindos garotos, empresário, candidato a deputado federal e apaixonado pelo Mato Grosso do Sul".

Cabos eleitorais revoltados - Há duas semanas o mesmo candidato é denunciado por cabos eleitorais que dizem ter levado calote. Uma das contratadas, Rafaela Ferreira, conta que a primeira negociação era de pagamento de R$ 200 por quinzena para trabalhar na campanha de Saulo Batista, mas na hora de receber só passaram R$ 100. "E o resto das pessoas que não receberam nada ainda?", questiona.

Outra funcionária diz que "chega a ser humilhante" a situação da equipe. "Já faz 1 semana que estão devendo e até agora nada", reclama.

"Esse candidato aí que deu o golpe em quase 100 pessoas e não pagou como cabo eleitoral", garante outra ex-funcionária que pediu para não ter o nome divulgado.

Ana Paula Aleixo aproveita para questionar quem vota em Saulo. "Se na candidatura promete e não cumpre, imagina se ganha o cargo. Promessa é dívida candidato, o povo já tá cansado dessas conversa, tem muita gente precisando desse dinheiro."

Movimentação das polícias Civil e Militar no prédio onde caso aconteceu. (Foto: Marcos Maluf)
Movimentação das polícias Civil e Militar no prédio onde caso aconteceu. (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias