A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

19/11/2017 12:50

Candidatos fazem exame e esperam melhorar de vida com diploma na mão

Prova de certificação do ensino médio acontece neste domingo

Kleber Clajus e Anahi Gurgel
Paulo Ricardo não quer mais perder oportunidades de crescer no supermercado que trabalha na Capital (Foto: Anahi Gurgel)Paulo Ricardo não quer mais perder oportunidades de crescer no supermercado que trabalha na Capital (Foto: Anahi Gurgel)

O Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) é tido por candidatos, neste domingo (19), como oportunidade de concluir o ensino fundamental e médio para acessar melhores posições no mercado de trabalho.

Paulo Ricardo de Alencar, 24 anos, deixou os estudos para trabalhar e, posteriormente, se dedicar a família com a chegada do filho. Em frente a Escola Estadual Maria Eliza Bocaiúva, no Bairro Vila Margarida, o gerenciador de supermercado disse que buscava reverter a não continuidade do segundo ano dos estudos no segundo ano do ensino médio.

“Não tinha o ensino médio e perdi chance de ser encarregado. Confiança [na empresa] tenho, o que falta é o diploma”, relatou Alencar, ao aguardar a reabertura dos portões às 13h30 para a segunda fase do exame com linguagens e códigos, redação e matemática.

 

Eliana e Regina se conheceram na prova e sonham em cursar fisioterapia e jornalismo (Foto: Anahi Gurgel)Eliana e Regina se conheceram na prova e sonham em cursar fisioterapia e jornalismo (Foto: Anahi Gurgel)

Regina Ribeiro de Carvalho e Eliana Maciel da Silva, ambas de 27 anos, se conheceram no ônibus a caminho da Escola Municipal Elpídio Reis, na Mata do Jacinto. As duas estão desempregadas, mas buscam nessa prova reverter o atraso no nível de escolaridade.

Durante a manhã, Maciel disse que as questões de ciências da natureza e humanas abordaram conteúdos atuais e até mesmo o funcionamento da Lei da Ficha Limpa.

Ela, que pretende cursar fisioterapia, ainda avaliou que “não ter o ensino médio 'pega' porque o mercado [de trabalho] exige bastante até para serviços mais simples”. A sua amiga, no caso, sonha em fazer faculdade de jornalismo.

Exame - Mato Grosso do Sul teve 80.024 inscritos para fazer a prova, neste domingo, em 21 municípios. Estes buscam a certificação da conclusão do ensino fundamental e médio.

O exame não era aplicado há três anos, uma vez que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) acabou destinado a validar diplomas de conclusão do ensino fundamental e médio. O retorno do Encceja ocorre porque menos de 10% dos alunos conseguiram isso pelo Enem.

Assim ao conquistar a pontuação mínima na prova, conforme o Ministério da Educação, o candidato terá isenção automática no próximo Enem. Ainda não há data para a divulgação dos resultados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions