A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/03/2016 16:42

Cansados de acidentes, moradores pintam "Pare" em vias perigosas

Luana Rodrigues
Morador mostra local de onde placa de Pare foi arrancada. (Foto: Alan Nantes)Morador mostra local de onde placa de "Pare" foi arrancada. (Foto: Alan Nantes)
Apesar de escrita incorreta e tinta apagada, condutores respeitam sinalização. (Foto: Alan Nantes)Apesar de escrita incorreta e tinta apagada, condutores respeitam sinalização. (Foto: Alan Nantes)

Em vez de esperar pela prefeitura, moradores do Jardim Leblon, em Campo Grande, resolveram colocar a mão na tinta e, por conta própria, pintar sinalizações de “Pare” em cruzamentos com vias preferenciais no bairro. As faixas não respeitam nenhuma regulamentação, mas, segundo moradores, nos locais onde a sinalização foi feita, ocorrências de acidentes, que eram frequentes, diminuíram.

Morador da Rua Potiguara há 21 anos, o aposentado Osvaldo Boni, 73 anos, diz que não sabe quem fez a pintura no cruzamento da rua da casa dele com a Rua Amim Lescani, mas aprovou a ideia, pois já viu muitos acidentes no local. “Desde que fizeram isso ai, há mais ou menos oito meses, eu não vi mais nenhum acidente graças a Deus, mas antes era todo dia”, conta.

Em outro cruzamento do bairro, da Rua Senador de Queiroz com a Carajás, a pintura é mais recente. Segundo os moradores foi feita há três meses e quem pintou foi Luiz Mota, 65 anos.

O Campo Grande News não encontrou o pecuarista em casa, mas o filho dele, Marcelo Morta, 37 anos, contou que o pai cansou dos acidentes na porta de casa. “Era todo dia uma batida. Um dia ele cansou, pegou uma tinta que tinha aqui em casa e pintou ali. Pra nós resolveu, porque não teve mais batida”, disse.

João Batista, 64 anos, não mora no bairro, mas frequenta uma igreja que fica na esquina do cruzamento onde foi pintada a sinalização e afirma que se sente mais seguro com sinalização horizontal. “É uma coisa muito boa, pelo menos é um sinal de pare, já que a placa foi arrancada e todo mundo se confundia”, considera.

Os moradores contam que nos locais havia placas de sinalização, no entanto, com o passar do tempo algumas foram se deteriorando e outras acabaram arrancadas por vândalos. O Campo Grande News entrou em contato com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), para saber se há previsão de manutenção da sinalização, mas as ligações não foram atendidas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions