A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Maio de 2019

05/06/2017 17:18

Capital retoma obra de R$ 11 milhões em “piscinão” contra enchentes

Paulo Nonato de Souza
Área onde será construído o 'piscinão' da Mato Grosso para retenção de água das chuvas, com capacidade para 500 milhões de litros (Foto: Alcides Neto)Área onde será construído o 'piscinão' da Mato Grosso para retenção de água das chuvas, com capacidade para 500 milhões de litros (Foto: Alcides Neto)

O piscinão dos altos da Avenida Mato Grosso vai virar realidade. A retomada das obras para controle de enchentes no Córrego Prosa foi anunciada pela Prefeitura de Campo Grande nesta segunda-feira, 05, depois de desapropriar uma área de 3.385,59 metros quadrados junto ao Parque dos Poderes e torná-la de utilidade pública pelo Decreto n. 13.177, de 31 de maio de 2017.

Na área, a prefeitura vai construir uma bacia de retenção de água das chuvas com capacidade para 500 milhões de litros. Parada desde o segundo semestre de 2016, a obra terá investimento de R$ 11,4 milhões.

Desse total, R$ 10,2 milhões serão recursos do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC da Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas, e R$ 1,1 milhão de parceria da prefeitura e Governo do Estado.

De acordo com o cronograma, além do piscinão será instalada uma travessia de drenagem na Avenida Mato Grosso para despejar no Córrego Réveillon as águas pluviais que descem dos bairros Futurista, Jardim Veraneio e Vila Nascente. A tubulação já foi instalada no local, segundo a prefeitura.

Com a drenagem junto com o piscinão, a Secretaria Municipal de Obras avalia que haverá redução da pressão das enxurradas sobre o Córrego Prosa, que acabam transbordando e provocando enchentes na região do Shopping Campo Grande.

Ainda de acordo com a prefeitura, faz parte da programação investir em obras de pavimentação e drenagem na região que fica no entorno do Parque dos Poderes, a chamada “Etapa D” na região da Mata do Jacinto, iniciadas em 2014 com previsão de investimento de R$ 36,1 milhões.

Foram interrompidas ano passado, quando 71,57% do planejado tinha sido executado, e atualmente está programada a execução de 16.597 metros de drenagem e 196.878,63 metros quadrados de asfalto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions