A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/12/2015 15:03

Capital tem 301 roubos na 1ª quinzena de dezembro, alta de 113% em 4 anos

Viviane Oliveira
Caminhonete roubada na última sexta-feira (11), foi recuperada dois dias depois após o crime. (Foto: Marcos Ermínio) Caminhonete roubada na última sexta-feira (11), foi recuperada dois dias depois após o crime. (Foto: Marcos Ermínio)

Em quatro anos, o número de roubos na primeira quinzena de dezembro de 2015 aumentou em 113% se comparado com o mesmo período dos últimos quatro anos em Campo Grande, de acordo com os dados disponibilizados no site da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública).

Conforme o órgão, do dia 1º de dezembro até ontem (16), foram contabilizados 301 casos, contra 266 ano passado. Se a comparação for feita com o mesmo período de 2013, quando 203 assaltos, houve aumento de 48%. Já em relação ao período de 1º a 16 de dezembro de 2012, que teve 141 ocorrências, o aumento é de 113%.

“Nesta época do ano, há um tendência de aumento sim, devido a quantidade de dinheiro circulando na praça”, diz o delegado Carlos Delano, da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).

Na sexta-feira (11), uma mulher de 28 anos e o filho de cinco sofreram  sequestro relâmpago, na noite de ontem (11), no Centro. Dois homens armados a renderam enquanto ela estacionava a camionete Chevrolet S10 na Rua 13 de Maio. A vítima foi violentada e teve a caminhonete roubada. A quadrilha que arquitetou o crime foi presa dois dias depois pela Polícia Civil. 

Na noite do último domingo (13), dois bandidos invadiram uma tabacaria e fugiram levando dinheiro e vários objetos de clientes na Rua Manoel Joaquim de Morais, no Jardim Leblon.

Uma das vítimas de roubo, dentista relata momento de terror que passou em poder dos bandidos.  (Foto: Marcos Ermínio) Uma das vítimas de roubo, dentista relata momento de terror que passou em poder dos bandidos. (Foto: Marcos Ermínio)

Conforme uma das vítimas de 21 anos, dois homens chegaram e perguntaram se o estabelecimento estava aberto e na sequencia anunciaram o assalto. Um dos bandidos estava armado. Os ladrões roubaram do local R$ 812 em dinheiro, cartão de banco, carteira, relógio de pulso, celular e documentos pessoas das vítimas. No total, quatro pessoas foram assaltadas.

Por volta das 14h do dia 7 deste mês, dois homens armados invadiram e assaltaram um consultório odontológico, que fica na Faculdade de pós-graduação Ingá, na Avenida Calógeras, próximo ao cemitério Santo Antônio. Cinco pessoas, sendo três funcionários e dois clientes, foram rendidos e o dono do local, um dentista de 63 anos, agredido a chutes e socos pelos bandidos.

Na manhã do dia 3, um assaltante invadiu escritório de advocacia e fugiu levando mais de R$ 5 mil, além de uma corrente de ouro e relógio de um cliente na Rua Antônio Maria Coelho, no Centro. Ainda conforme o site da Sejusp, de janeiro até agora, já foram registrados 6.248 roubos e 15.515 furtos, somente na Capital.

PM de folga evita roubo de Hilux e prende foragido da Justiça
Um policial de folga da Força Tática do 10º Batalhão evitou o roubo de uma caminhonete e prendeu Leonardo de Oliveira Spolador, 34 anos, que estava f...
Bandidos invadem farmácia na Afonso Pena e furtam R$ 13 mil de cofre
Uma farmácia, localizada na Avenida Afonso Pena esquina com a Rua Padre João Crippa, Centro da Capital, foi furtada na noite deste domingo (13). Os b...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions