ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Capital "zera" fila de pacientes intubados em postos aguardando transferência

Quantidade de pacientes aguardando vagas em leitos tem reduzido nos últimos dias

Por Adriano Fernandes | 16/04/2021 23:38
Aparelhos de suporte à pacientes em UTI de hospital na Capital. (Foto: Saul Schram)
Aparelhos de suporte à pacientes em UTI de hospital na Capital. (Foto: Saul Schram)

A quantidade de pacientes aguardando vagas em leitos nas unidades de urgência e emergência da Capital, reduziu ao longo da semana, garante a prefeitura. Nesta sexta-feira (16), nenhum paciente intubado aguardava transferência em postos de saúde. Nas últimas semanas a média diária registrada era de 20 pacientes nestas condições.

De acordo com a prefeitura de Campo Grande, a situação é um reflexo das medidas restritivas adotadas pelo município e também do trabalho de estruturação na rede hospitalar, através do remanejamento e abertura de mais leitos clínicos e de UTI para atendimento da população.

Desde o início da pandemia, em março do ano passado, Campo Grande triplicou o número de leitos de UTI, saindo de 116 para os atuais 337 contratualizados na rede pública, privada e particular.

Novo horário - Desde ontem (15), o toque de recolher passou a valer das 20h até as 5h, porque a Capital entrou na bandeira cinza, nível mais perigoso de contágio da covid-19. Apesar das restrições o cenário da pandemia em todo o Estado ainda é crítico. O novo coronavírus já causou 5.099 óbitos no Estado e infectou 235.010 pessoas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário