A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/12/2015 20:16

Casa do Artesão ficará parcialmente fechada até meados de janeiro

Thiago de Souza
Construção é de 1918 e está com uma das entradas interditadas. (Foto: Fernando Antunes)Construção é de 1918 e está com uma das entradas interditadas. (Foto: Fernando Antunes)
Árvore que causava problemas na estrutura foi cortada na tarde de hoje. (Foto: Marcos Ermínio) Árvore que causava problemas na estrutura foi cortada na tarde de hoje. (Foto: Marcos Ermínio)

A Casa do Artesão, que teve uma das entradas parcialmente interditadas, após a estrutura do teto ficar comprometida por conta das chuvas, deve permanecer assim pelo menos até a segunda semana de janeiro, informou a secretária-adjunta de Cultura de Mato Grosso do Sul Andrea Freire, na tarde desta terça-feira (28).

A gestora não quis definir um dia, pois precisa de informações mais técnicas, porém garantiu que ações emergenciais estão sendo feitas. Freire e o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação do Estado, Athayde Neri vão visitar o local na manhã dessa terça-feira (29), junto de técnicos para avaliar o que deve ser feito. Também informou que está agendada uma reunião com o secretário Estadual de Infraestrutura Marcelo Migliolin para discutir o assunto.

Em relação a ausência do projeto de segurança contra incêndio e pânico, Andrea Freire disse que o assunto também será discutido mas que ainda está dentro do prazo de 30 dias dado pelo Corpo de Bombeiros para fazer as adequações necessárias. No entanto, ressalta que as atividades na Casa do Artesão continuam normalmente.

Na tarde de hoje, a Energisa, empresa concessionária de energia elétrica de Mato Grosso do Sul, esteve na Casa do Artesão para cortar os galhos da árvores, que segundo Andrea Freire causava o problema no telhado. O Corpo de Bombeiros também participou do corte e durante os trabalhos a energia elétrica de comércios da região não precisaram ser cortados.

Projeto

A secretária adjunta de Cultura Andrea Freire disse que um projeto para a reforma da Casa do Artesão, parado desde 2012, volte a tramitar no Ministério da Cultura, no mês que vem. Ela disse que o projeto foi concebido com base em emenda parlamentar, mas que ficou parado. Inicialmente a reforma custaria R$ 250 mil, mas com a readequação deve custar R$ 300 mil. 

História A Casa do Artesão de Campo Grande, localizada no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Calógera, tem como objetivo principal desenvolver serviços públicos que auxiliem e fomentem as atividades artesanais no Estado de Mato Grosso do Sul.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions