A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

12/08/2018 11:35

Casal de pitbulls ataca outros cães e dá "trabalheira" para Corpo de Bombeiros

Animais haviam fugido de casa desde ontem (11). A fêmea foi resgatada pelo dono e o macho entregue ao CCZ.

Anahi Gurgel
Fêmea correr para córrego, nesta manhã, em Campo Grande. Dono resgatou depois. (Foto: reprodução/Facebook)Fêmea correr para córrego, nesta manhã, em Campo Grande. Dono resgatou depois. (Foto: reprodução/Facebook)

Um casal da raça pitbull deu a maior trabalheira para o Corpo de Bombeiros, na manhã deste domingo (12), em Campo Grande. Os animais estavam soltos no entorno da Avenida Ernesto Geisel, perto da Rua Brilhante, e chegaram a atacar outros três cães de rua, que ficaram bastante feridos.

Quem testemunhou a cena foi o sargento Anderson Silvio Mendes, 42, que atua no 10º Batalhão, na região do Aeroporto, mas que hoje estava de escala extra no quartel da Costa e Silva.

Ele contou que, por volta das 7h10, estava indo para o trabalho, quando percebeu os pitbulls soltos na rua e passou a acompanhar a trajetória deles.

“Eles estavam descendo a Rua Brilhante. Parei e perguntei para algumas pessoas se os cães eram delas. Mas disseram que não e, como percebi que os animais estavam agitados, pedi para o grupo não demonstrar nervosismo e se afastar. Qualquer movimento contrário poderia estimular um ataque”, relata.

Mais adiante, atacaram fortemente 3 cães de rua, que ficaram muito feridos. “A sorte é que os vira-latas conseguiram fugir, mas ficaram todos ensanguentados. O casal tinha porte robusto, principalmente o macho. Ambos estavam sem coleira”, conta.

A essa altura, o sargento já havia solicitado apoio pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança). O primeiro a ser resgatado pelas equipes foi o macho, entregue ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).

“Ele não apresentou resistência à captura, mas a fêmea estava muito arisca e conseguiu correr. Com o alvoroço, acabou entrando no córrego da Ernesto Geisel e ficou por lá”, lembra.

Foi algum morador da região , percebendo o tumulto, que informou saber sobre o proprietário. Ele havia postado imagens dos animais nas redes sociais.

O dono foi chamado e conseguiu capturar a fêmea, isso já por volta das 10h30.

Sargento Mendes disse ainda que os cães estavam desaparecidos desde ontem (11), da residência, localizada no Bairro Taquarussu.

“No CCZ, o proprietário teve de pagar multas e taxas para conseguir a liberação do macho. O animal será chipado e, se houver reincidência, terá suas consequências. Fica um alerta para a posse responsável. Poderia ter sido uma criança, outra pessoa atacada”, destaca.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions