ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Catador de recicláveis é arrastado pela enxurrada em cruzamento alagado

Água que transbordou do córrego Anhanduí, arrastou e deixou ferido um trabalhador, de 61 anos

Por Adriano Fernandes e Clayton Neves | 19/10/2019 15:22
Cruzamento da Avenida Rachel de Queiroz com a Ernesto Geisel foi completamente alagado. (Foto: Kisie Ainoã)
Cruzamento da Avenida Rachel de Queiroz com a Ernesto Geisel foi completamente alagado. (Foto: Kisie Ainoã)

O catador de materiais recicláveis, Ramão de Lima, de 61 anos, foi arrastado pela forte enxurrada que alagou o cruzamento Avenia Rachel de Queiroz com a Ernesto Geisel, no Bairro Aero Rancho em Campo Grande.

De acordo com o próprio trabalhador, ele tentava atravessar a via, durante o temporal desta tarde (19) quando a enxurrada começou a levar o carrinho de coleta. “Eu comecei a puxar e lutar contra a correnteza, mas acabei caindo e fui arrastado pela força da água”, comentou Ramão.

Devido a queda, ele acabou caindo e ferindo o joelho. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar a vítima já havia sido resgatada por moradores. O carrinho de recicláveis do catador também foi recuperado. 

O comerciante José Gilberto, de 70 anos, que tem uma banca no cruzamento, também sofreu com os transtornos da chuva, no local. “A enxurrada me pegou de surpresa, invadiu a calçada e quando fui ver o meu carrinho também estava no meio da rua”, comentou.

De acordo com o morador um morador Jackson Lopes, de 49 anos, o problema é recorrente no cruzamento. Esta tarde, enquanto conversava com a reportagem ele tentava desentupir os boieiros do cruzamento, para tentar escoar a água.

“Aqui, toda vez que chove acontece isso, mesmo assim o pessoal insiste em passar”, comentou, se referindo ao condutores que se arriscavam passando pelo alagamento. 

Ferimento causado na perna do trabalhador. (Foto: Kisie Ainoã)
Ferimento causado na perna do trabalhador. (Foto: Kisie Ainoã)
Veículos que se arriscavam passando pelo cruzamento alagado. (Foto: Kisie Ainoã)
Veículos que se arriscavam passando pelo cruzamento alagado. (Foto: Kisie Ainoã)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário