A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/10/2014 10:13

Cavalaria da PM reforça ações para frear aumento da violência na Capital

Renan Nucci
Segundo o comando-geral, cerca de 30 homens da cavalaria da PM reforçam segurança nas periferias. (Foot: Divulgação/ PMMS)Segundo o comando-geral, cerca de 30 homens da cavalaria da PM reforçam segurança nas periferias. (Foot: Divulgação/ PMMS)

Para frear a onda de violência em Campo Grande, que contabiliza aumento de 46% no número de roubos, a Polícia Militar vai usar a cavalaria para reforçar o policiamento nas ruas. A Capital também teve crescimento no número de homicídios e de furtos neste ano, segundo estatística do Governo. 

O 1º Esquadrão Independente Montado iniciou nesta semana policiamento em caráter preventivo que vai atender as regiões de periferia da Capital. Segundo o comandante-geral da corporação, coronel Valter Godoy Rojas, cerca de 30 policiais da cavalaria participam da operação.

As ações tiveram início na terça-feira (14), na região do Bairro Dom Antônio Barbosa, que compreende também os bairros Parque do Sol e Parque Lageado, bem como a Favela Cidade de Deus, área que tem se tornado um dos principais alvos das forças de segurança, por conta dos altos índices de violência.

De acordo com o coronel Godoy, o objetivo é levar mais tranquilidade aos moradores. “Começamos nesta região porque detectamos que lá está se tornando uma zona de intenso conflito. O objetivo é realizar o policialmente preventivo, inibindo a criminalidade e pondo fim à sensação de insegurança por parte da comunidade”, explicou.

O local é conhecido por causa da disputa entre grupos rivais, geralmente residentes em bairros diferentes, que se enfrentam nas ruas e oferecem risco à população. “Os cavalos têm melhor acesso a estes locais de periferia, onde geralmente o terreno é irregular e as ruas são estreitas e sem asfalto. Além do mais, a população consegue ter um contato maior com os policiais montados”, explicou Rojas.

O comandante da PM lembra ainda que as operações são itinerantes e vão acontecer gradativamente em pontos distintos da Capital. Nesta semana as ações se concentraram no Dom Antônio e imediações, mas o próximo passo já está definido: o Esquadrão Montado vai para as regiões urbanas do Imbirussu e Lagoa, que compreendem bairros como Jardim Petrópolis, União, Taveirópolis, Santo Antônio, Tijuca e outros.

Violência – Ações da PM visam conter o número de crimes como roubos, furtos e homicídios, que cresce na Capital. De 1° de janeiro a 16 de outubro deste ano, a quantidade de roubos subiu 46,9%¨, de 2.570 para 3.776 ocorrências em um comparativo com o mesmo período do ano passado.

Já o número de homicídios cresceu 28%¨, de 85 para 109, segundo a Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública). O número de furtos também teve aumento, de 5,7%, de 11.102 para 11.737.

 

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions