A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/01/2015 18:03

Chuva atinge “pico” e causa transtornos em diversos pontos da Capital

Michel Faustino
No Jardim Bonança, os moradores ficaram ilhados. (Foto: Direto das Ruas)No Jardim Bonança, os moradores ficaram "ilhados. (Foto: Direto das Ruas)
Leitores registraram situação no Estrela Dalva. (Foto: Direto das Ruas)Leitores registraram situação no Estrela Dalva. (Foto: Direto das Ruas)
Córrego Vendas, que corta o Parque Itanhangá, invadiu a Rua Chaad Scaff e seguiu pela Rua Bahia. (Foto: Marcos Ermínio)Córrego Vendas, que corta o Parque Itanhangá, invadiu a Rua Chaad Scaff e seguiu pela Rua Bahia. (Foto: Marcos Ermínio)

O volume de chuva que caiu na tarde desta segunda-feira (05) atingiu o índice esperado para os próximo quatro dias e causou transtornos em diversos pontos da Capital. Houve diversos alagamentos e a enxurrada invadiu casas e deixou os moradores “ilhados”.

Conforme o sistema de monitoramento da Defesa Civil choveu cerca de 50 milímetros na região do Rita Vieira. Nas regiões do Prosa e Norte-Sul os níveis foram superiores a 30 milímetros.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrão Filho a estimativa é de que haja a incidência de ao menos 195 milímetros de chuva ao longo do mês de janeiro em Campo Grande. Conforme o meteorologista, a média histórica registrada durante esta época do ano é de 212 milímetros, no entanto, os índices podem ser maiores ou menores que o previsto.

Segundo ele, dia dia 01 até hoje já houve registro de cerca de 30 milímetros. E nesta segunda-feira a incidência de chuva chegou a 24 milímetros, quase no mesmo volume dos últimos quatro dias.

Transtornos - Em decorrência da forte chuva, o Córrego Vendas, que corta o Parque Itanhangá, invadiu a Rua Chaad Scaff e seguiu pela Rua Bahia, alagando os cruzamentos com a Rua Joaquim Murtinho e Avenida Ricardo Brandão. O Córrego Prosa também chegou a transbordar no cruzamento.

A Avenida Interlagos, entre o Rádio Clube Campo e a rotatória com a Avenida Gury Marques também foi tomada pela água na tarde de hoje.

Até na Avenida Afonso Pena, na região Central, a enxurrada causou a interdição parcial de algumas faixas de rolamento. Segundo a Defesa Civil, a chuva atingiu 52,7 milímetros na região do Bairro Rita Vieira, 37mm no Córrego Prosa e 33,7 mm na região dos bairros Marcos Roberto e Jacy.

No Jardim Bonança, os moradores da Rua Portinho, ficaram ilhados. Em pouco menos de 20 minutos a forte chuva provocou alagamento e a enxurrada chegou a invadir algumas casas.

Também é forte a enxurrada na Avenida Cônsul Assaf Trad, entre os bairros Nova Bahia e Montevidéu. A via sempre alaga e causa transtornos aos motoristas e muitos trafegam na contramão para não ser atingidos pela enxurrada.

Leitores do Campo Grande News enviaram fotos de alagamentos em várias ruas e avenidas do Conjunto Estrela Dalva, na saída para Cuiabá.

Chuva atinge “pico” e causa transtornos em diversos pontos da Capital
Chuva atinge “pico” e causa transtornos em diversos pontos da Capital
Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions