A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

17/11/2017 07:30

Chuva atingiu 135 milímetros, com vento de 70 km/h na Capital

Ponto mais forte foi registrado às 21h quando o volume de água em uma hora atingiu 19.6 milímetros

Guilherme Henri
Chuva alagou ruas e dificultou trafego de veículos na tarde de ontem na região do Nova Lima (Foto: André Bittar)Chuva alagou ruas e dificultou trafego de veículos na tarde de ontem na região do Nova Lima (Foto: André Bittar)

O volume de água da chuva atingiu 135 milímetros e os ventos chegaram a 70 quilômetros por hora entre às 14h de ontem (16) e a manhã desta sexta-feira (17) em Campo Grande.

Os dados são do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e conforme o meteorologista Ernesto Alvin, essa quantidade de chuva é suficiente para causar estragos. “Pela nossa estação a chuva iniciou às 14h e não parou mais. O ponto mais forte foi registrado às 21h quando chegou a chover em uma hora 19.6 milímetros”, detalha.

Na rua Guararapes, no bairro Coophamat, dois ipês de médio porte caíram devido à chuva e bloquearam a faixa de ônibus. Os veículos precisaram usar a calçada para conseguir ter acesso ao trecho, o que coloca pedestres em alerta.

Ainda segundo o meteorologista, o sol deve aparecer hoje na Capital, porém o fenômeno deve voltar entre o final da manhã e a tarde.

Interior – E não foi só na Capital que a chuva deixou rastro de destruição. Entre os estragos causados pelo temporal, um homem de 36 anos morreu atingido por um raio em Rio Brilhante – a município localizado a 163 km de Campo Grande.

A vítima estava em uma fazenda às margens da BR-267, que liga a cidade até Maracaju.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions