A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/01/2012 22:56

Chuva forte alaga casas no Dalva de Oliveira e assusta moradores; veja vídeo

Viviane Oliveira

Em vários pontos da cidade foram registrados alagamentos. O córrego Prosa na avenida Ricardo Brandão, entre a rua Bahia e Nova Era, transbordou.

Moradores mostram bueiros entupidos por causa da grande quantidade de lixo. Moradores mostram bueiros entupidos por causa da grande quantidade de lixo.
Córrego Prosa transborda na avenida Ricardo Brandão. O trânsito chegou a ficar interditado na via. Córrego Prosa transborda na avenida Ricardo Brandão. O trânsito chegou a ficar interditado na via.

A chuva forte que caiu na tarde desta quinta-feira (26), além de causar transtornos na região central, alagou várias casas no bairro Dalva de Oliveira, região do Tiradentes, em Campo Grande.

A maioria das ruas do bairro ficou encoberta de água. Os moradores atribuem o alagamento ao número insuficiente e a ausência de bueiros, em alguns pontos da região, para escoar a água da chuva.

“Toda vez que chove é um desespero. Toda a água da avenida Marquês de Pombal desce para o nosso bairro porque na via não tem vazão para a água”, disse o encarregado civil Damião Nonato Conceição, 45 anos.

Segundo o morador, a rua Sanfona ficou completamente inundada. “Os bueiros estavam entupidos por causa do lixo. Outro problema, conforme ele, são as manilhas de concreto que são pequenas demais e quando chove forte não suporta o volume da água”, disse.

A cabeleireira Sônia Aparecida Rodrigues, 28 anos, contou que ficou assustada quando chegou em sua casa e viu tudo inundado. “Eu não estava aqui, quando cheguei parece que a chuva ia levar tudo. Pensei que a enxurrada ia levar o carro do meu irmão que estava estacionado na frente de casa”, afirma.

Em vários pontos da cidade foram registrados alagamentos. O córrego Prosa na avenida Ricardo Brandão, entre a rua Bahia e Nova Era, transbordou. O trecho chegou a ficar interditado por conta do grande volume de água na via.

O pecuarista Silvio Alberto Ferrucci, 45 anos, estava indo para casa quando se deparou com a cena e parou para ver a força com que a água transbordava para fora do córrego. “Eu nunca vi tanta água na minha vida”, relatou.

De acordo com o meteorologista Natálio Abraão, da Estação da Uniderp, só na tarde de hoje choveu 91 mm na Capital. A chuva começou por volta das 16h30 e durou cerca de 50 minutos.

O leitor do Campo Grande News, Michel Lencina Rodrigues, filmou a rua Sanfona no bairro Dalva de Oliveira alagada. Assista ao vídeo:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions