A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/10/2015 14:30

Chuva, vendaval e temperaturas amenas devem marcar feriadão

Flávia Lima
Feriado deverá ser chuvoso, com áreas de instabilidade em todas as regiões de MS. (Foto:Marcos Ermínio)Feriado deverá ser chuvoso, com áreas de instabilidade em todas as regiões de MS. (Foto:Marcos Ermínio)

Quem está programando viagem ou organizando um churrasco à beira da psicina com os amigos no feriado de Finados, deve se preparar para a mudança brusca de clima que deve ocorrer a partir de sábado em todas as regiões de Mato Grosso do Sul.

Segundo previsão do Cemtec (Centro de Monitoramento do Clima, Tempo e Recursos Hídricos), áreas de instabilidade provocadas por um sistema de baixa pressão e umidade vinda da região da Amazônia irão trazer chuva, acompanhada de muita descarga elétrica para todo o Estado, incluindo a Capital.

No entanto, a meteorologista Cátia Braga diz que as precipitações não serão contínuas, por isso quem está organizando as malas não deve desanimar. "São apenas pancadas em determinados momentos. Nãoo fica chovendo o dia todo", destaca.

Com as chuvas, as temperaturas sofrerão queda, elevando a umidade relativa do ar e deixando o clima mais ameno, especialmente nos municípios próximos de rios, onde há grande concentração de pesqueiros, que devem receber grande quantidade de turistas para aproveitar os últimos dias antes do início da piracema, que começa dia cinco de novembro.

Caso o cenário meteorológico não sofra alterações, as chuvas devem ser mais intensas no sábado (31) em Bela Vista, Porto Murtinho, Aquidauana e Coxim, onde deve chover acima de 20 milímetros. Apenas em Bonito as precipitações não serão tão intensas, com média de 15 milímetros, porém as áreas de instabilidade seguem durante todo o dia.

No domingo, além das chuvas, há previsão de ventos fortes em todas as regiões, principalmente nos municípios pantaneiros, que devem registrar ventos de 30 km/h. No entanto, na segunda-feira (2) eles devem se tornar mais fortes, inclusive na Capital, chegando a 35km/h, incluindo a região do Bolsão. 

A região sul, entre Dourados e Ponta Porã deverá ser a mais chuvosa, com média de 30 milímetros até terça-feira (3). As chuvas devem dar trégua apenas após o feriado, a partir de quarta-feira (4). No entanto, de acordo com Cátia, com a aproximação do verão, que terá início em dezembro, a tendências é que as bolhas de calor, que provocaram picos de 40ºC no interior, com sensação térmica perto de 45ºC, devem se torar menos frequentes.

"A característica do verão é a umidade aliada a baixa pressão, por isso chove muito e as temperaturas são mais amenas, dificultando a formação dessas bolhas", explica. Por isso, mesmo após as chuvas do feriado prolongado, as temperaturas não devem subir muito, inclusive na Capital.

Em Coxim e Porto Murtinho, a mínima deve ficar entre 18ºC e 20ºC e a máxima não passa dos 30ºC. Bonito deve registrar o clima mais ameno, com máxima de 27ºC e mínima de 20ºC. Em Aquidauana e Bela Vista, o cenário deve ser semelhante, com mínima entre 20ºC e 21ºC e máxima de 28ºC.

Para o mês que se inicia no domingo (1), a expectativa é de bastante chuva. A média histórica para a Capital é 206 milímetros, enquanto que para o sul do Estado é de 213, só para Ponta Porã. Segundo Cátia, para a maioria dos municípios a previsão é de mai de 100 milímetros durante todo o mês.



Se for de acordo com as ultimas previsões onde disseram que viria chuva, podemos esperar céu limpo, calor de matar e nada de chuva ou vento.
 
Max em 29/10/2015 16:46:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions