A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/03/2016 10:01

Cinco são presos por sequestro de motorista e roubo de caminhão

Viviane Oliveira e Caroline Maldonado
Fernando, Juarez, Jocimara e João paulo foram presos na Capital. (Foto: divulgação/Polícia Civil) Fernando, Juarez, Jocimara e João paulo foram presos na Capital. (Foto: divulgação/Polícia Civil)

Cinco pessoas foram presas após sequestrar motorista de 53 anos para roubar uma F-400. Com o bando, a polícia apreendeu três carros usados para cometer crimes e um arsenal de armas. A prisão ocorreu neste sábado (12), horas depois que a vítima conseguiu sair do cativeiro. Quatro deles foram encontrados em Campo Grande e um interceptado em Anastácio, quando tentava levar o veículo para a Bolívia.

Os suspeitos são Juarez Pereira da Silva, 41, Guelder Fagundes Nunes, 26, João Paulo Rodrigues Ferreira, 21, a mulher dele, Jocimara da Silva Lescano, 35, e Fernando Nunes da Silva, 41. Todos têm passagem pela polícia.

Conforme o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Hoffman D' Avila, por volta das 11h de ontem a vítima foi acionada para fazer um frete, mas acabou caindo em uma emboscada. O motorista seguia no sentido Tamandaré, quando na região da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), parou para ajudar dois homens que estavam com um Corsa quebrado no meio da pista pedindo socorro.

O motorista, então, parou para ajudar, mas era uma armadilha. Ele foi rendido por Juarez e Guelder, que estavam armados. A vítima foi levada para um matagal. Lá, ele foi amarrado com fita adesiva e ficou no local sob o poder de Juarez por pelo menos 1h30, enquanto o comparsa dele, Guelder tentava levar carro roubado para a Bolívia.

O motorista foi encontrado amarrado e amordaçado com fita. (Foto: divulgação)O motorista foi encontrado amarrado e amordaçado com fita. (Foto: divulgação)

Quando o assaltante deixou o cativeiro, a vítima gritou por socorro e uma pessoa que passava pelo local acionou a polícia. O homem foi libertado pelo Batalhão de Choque e contou o que havia acontecido. As polícias foram acionadas e Guelder foi interceptado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Anastácio.

Na Capital, o SIG (Setor de Investigações Gerais) chegou primeiro em Juarez, que estava em um hotel, próximo a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Depois da prisão dele, a polícia prendeu o restante da quadrilha. Com eles, foram apreendidos o Corsa, que havia sido locado em Aquidauana, um Palio usado para roubo e um Celta.

Na casa de Jocimara, foram localizados três espingardas, uma carabina, duas pistolas e rádios transmissores que os criminosos usavam para se comunicar. Os acusados vão responder por roubo majorado, privação de liberdade da vítima, associação criminosa armada e posse irregular de arma de fogo. O caso foi registrado na Depac da Vila Piratininga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions