ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Clínica de fertilidade oferece consultas gratuitas para mulheres com câncer

Pacientes têm chance de serem inclusas em programa de reprodução assistida com redução de custos

Por Anahi Zurutuza | 13/10/2021 18:50
Laboratório de FIV (Fertilização In Vitro) da clínica (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
Laboratório de FIV (Fertilização In Vitro) da clínica (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Até o fim do mês, mulheres que estão em tratamento contra algum tipo de câncer e querem engravidar algum dia podem procurar a Fertliv para a primeira consulta. Durante todo o Outubro Rosa, mês de alerta sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce dos cânceres de mama e colo de útero, a clínica particular oferecerá atendimento gratuito para este público.

Conforme divulgado pela Fertliv, uma das mais antigas clínicas de reprodução humana em Campo Grande, as mulheres também poderão entrar no programa “Gerando Sonhos”, que oferece técnicas de reprodução assistida com redução nos custos, incluindo laboratório e medicações.

Segundo a médica especialista em reprodução assistida, Suely Resende, no passado, o diagnóstico de câncer praticamente representava o fim do sonho de ter filhos. Com avanço da medicina, os congelamentos de óvulos e de sêmen são apontados como alternativas para a preservação da fertilidade de homens e mulheres.

“Os medicamentos inibem as células do câncer, mas a medicação não é seletiva. Ou seja, pode atingir outros órgãos do corpo, como por exemplo, os ovários. Se a mulher tiver histórico de baixa reserva ovariana, o risco de ter dificuldades ou não conseguir engravidar é maior”, explica Vitor Kussumoto, responsável pelo “Gerando Sonhos”.

Outro médico da equipe, Antônio Miziara, explica que tempo entre o diagnóstico do câncer e o início da quimioterapia ou da radioterapia costuma ser suficiente para coletar e congelar os óvulos. “O procedimento é parecido com o de fertilização in vitro. Primeiro a mulher utilizará medicações injetáveis por um período médio de 10 dias, para estimular a ovulação. A coleta de óvulos é realizada num ambiente cirúrgico, com anestesia (sedação) e depois os óvulos serão armazenados e congelados”.

Após ter superado o câncer, a paciente que congelou óvulos deve seguir a orientação do oncologista para tentar uma gravidez.

Mais informações pelos telefones (67) 9 9988-1873 e (67)  9 9932-1749.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário