A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

08/06/2019 08:46

Colisão entre veículos deixa 4 pessoas feridas em cruzamento de avenidas

Acidente ocorreu durante a madrugada no acesso da Avenida Duque de Caxias para a Lúdio Martins Coelho

Humberto Marques e Viviane Oliveira
Estilhaços do acidente ficaram em avenida e ciclovia. (Foto: Henrique Kawaminami)Estilhaços do acidente ficaram em avenida e ciclovia. (Foto: Henrique Kawaminami)

Um acidente no cruzamento das Avenidas Duque de Caxias e Prefeito Lúdio Martins Coelho, no Taveirópolis –sul de Campo Grande– deixou quatro pessoas feridas, entre elas uma criança de 4 anos, na madrugada deste sábado (8) e trouxe de volta reclamações sobre a sinalização do local marcado pela alta velocidade durante a noite e o trânsito pesado pelas manhãs.

Segundo informações das autoridades policiais, a colisão envolveu um Ford Ka e um VW Voyage por volta da 1h50, na alça de acesso da Duque de Caxias para a Lúdio –sentido de quem segue para bairros como o União e o São Conrado. Um dos veículos tentou avançar no local, imaginando haver tempo de passar, e acabou atingindo o outro automóvel. Não há detalhes sobre quem provocou a manobra ilegal.

Os dois carros ficaram bem danificados com a colisão. No local, vários estilhaços ainda estavam no asfalto e na pista da ciclovia. Duas das vítimas foram levadas para a Santa Casa de Campo Grande, incluindo uma criança nascida em 2015, e outras duas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon.

Acidente aconteceu na madrugada de hoje, flagrado pouco depois por leitor (Foto: Direto das Ruas)Acidente aconteceu na madrugada de hoje, flagrado pouco depois por leitor (Foto: Direto das Ruas)

Reportagens do Campo Grande News já denotaram que a alta velocidade na Duque de Caxias e na Lúdio Coelho foi responsável por acidentes. Na primeira via, pela manhã, a situação é oposta, com o tráfego intenso causando lentidão e congestionamentos.

O vendedor Claudiomiro de Paula, 44, é morador da Nova Campo Grande –região oeste– e passa diariamente de bicicleta pelo trecho. Segundo le, o problema naquele trecho poderia ser resolvido com a instalação de um novo semáforo, já que as sinalizações próximas têm tempos curtos para circulação.

“Já vi dois acidentes aqui, um entre motociclistas e outro com um taxista que capotou. Quem quer fazer o cruzamento aproveita o semáforo um pouco antes, para quem vai para o Centro, mas o tempo é pequeno e as pessoas se arriscam. No horário de pico é muito movimentado”, afirmou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions