A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/06/2014 17:34

Com 100 passagens, ladrão é pego após vender carro por R$ 2 mil

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Alysson (camiseta pólo) possui mais de 100 passagens pela polícia (Foto: Marcos Ermínio)Alysson (camiseta pólo) possui mais de 100 passagens pela polícia (Foto: Marcos Ermínio)

Com aproximadamente 100 passagens por furto e roubo, uma “carreira” iniciada aos 12 anos, Alysson Nunes Maciel, 20 anos, e o companheiro, Welligton Adilson do Prado, 19, foram presos, ontem, ao vender o carro por R$ 2 mil a dois policiais que investigavam o caso. Eles confessaram o roubo do carro, ontem de manhã (3), e podem estar envolvidos no sumiço de mais cinco veículos.

A dupla foi apresentada hoje à tarde pela Defurv (Delegacia Especializado no Furto e Roubo de Veículos). O crime começou a ser desvendado logo após o assalto, ocorrido na Vila Manoel da Costa Lima, na região do Bairro Tiradentes, na saída para Três Lagoas.

Alysson e Welligton viram a mulher chegando com o carro e decidiram roubar o Peugeot 207. Eles admitiram que a escolha foi aleatória e porque o local era “tranqüilo” e com pouco movimento.

No entanto, desde o início, a vítima, de 27 anos, mostrou que o roubo não seria fácil. Ela não se intimidou com o revólver calibre 22 e entrou em luta corporal com os bandidos, segundo a delegada Maria de Lourdes Cano. No entanto, eles conseguiram se desvencilhar da mulher e levaram o veículo, que foi escondido em construção abandonada no Chácara dos Poderes, atrás da Uniderp Anhanguera Agrárias.

Conforme a delegada Maria de Lourdes, eles utilizaram uma arma calibre 22 (Foto: Marcos Ermínio)Conforme a delegada Maria de Lourdes, eles utilizaram uma arma calibre 22 (Foto: Marcos Ermínio)
O veículo seria vendido por R$ 2 mil, de acordo com a delegada (Foto: Marcos Ermínio)O veículo seria vendido por R$ 2 mil, de acordo com a delegada (Foto: Marcos Ermínio)

Celular – Por meio do GPS do telefone celular, que ficou na bolsa da mulher, a Polícia conseguiu localizar os suspeitos do roubo no Jardim Noroeste, segundo versão da vítima.

Dois policiais se mostraram interessados e comprar o veículo. Os ladrões ofereceram o Peugeot 207 por R$ 2 mil. No mercado, o mesmo modelo custa R$ 26 mil.

Eles marcaram o encontro com os assaltantes e ao chegar para negociar o carro, os policiais se identificaram e prenderam os dois. Alysson, que começou a furtar e roubar desde os 12 anos, segundo a Polícia, confessou o crime, mas negou ter entrado em luta corporal e agredido a mulher.

Maria de Lourdes disse que a dupla queria dinheiro fácil. Alysson falou, durante a apresentação, que os recursos obtidos com o roubo seriam para consumo pessoal, sendo R$ 1 mil para ele e a outra metade para o amigo.
Eles também foram autuados por tráfico de drogas, porque estavam com 260 gramas de maconha.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions