ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Com 3 acidentes por semana, árvore é culpada por acidentes na Orla Morena

Por Filipe Prado | 27/11/2013 17:17
Árvore atrapalha a visão do semáforo (Foto: Marcos Ermínio)
Árvore atrapalha a visão do semáforo (Foto: Marcos Ermínio)

Uma árvore deixou vários moradores da Vila Planalto com medo, por conta do grande número de acidentes na região da Orla Morena. Eles reclamam que os galhos da árvore tapam o semáforo, que fica na esquina da rua Santos Dumont com a Avenida Noroeste, fazendo com que os motoristas não vejam o sinal.

Os moradores estimam que são cerca de três acidentes por semana, no cruzamento das vias. Segundo o presidente do Amigos da Orla, Ricardo Sanches, a árvore atrapalha os motoristas que trafegam pelo local. “Está muito perigoso, se o carro vier muito rápido não vê o semáforo e atravessa o cruzamento”.

Ele comenta que já solicitou à prefeitura que a árvore seja podada, mas ainda não foi atendido. “Me disseram que eu estaria em uma lista de espera, mas isso foi no começo do ano. Na verdade nós queríamos que houvesse uma poda periódica desta árvore”, comenta o presidente.

Valdomiro Ferreira Dutra, 74, é aposentado e mora há vários anos no bairro. Desde que o semáforo foi construído, ele já contou 55 acidentes. “Acontecem acidentes toda a semana, já quase entraram na minha casa. Uma vez, por pouco, não atropelaram minha esposa”, relata.

O aposentado comenta que a pode que a prefeitura faz na árvore, deve ser mais frequente. “Eles podam a árvore uma vez por ano, e isso não resolve, só piora a situação. Eu acho que o certo é arrancar esta árvore aqui”.

O presidente do Amigos da Orla, comenta que os moradores tentam tomar atitudes para conter os acidentes. "Os moradores tentam cortar os galhos da árvore, até cortam alguns, mas é muito alta, então não conseguem tirar o que atrapalha a visão", comenta Ricardo.

Mas outros moradores não colocam a culpa, dos acidentes, na árvore, mas no motorista. “Se a pessoa prestar atenção, ela enxerga o semáforo, mas a árvore atrapalha bastante”, explica Loan Harada, 33.

Ela acha que os acidentes já ficaram normais na região. “Há uma falta de respeito aqui, as pessoas passam correndo, por isso já está normal os acidentes na região”, relata Loan.

A Prefeitura da Capital foi procurada, mas a assessoria de imprensa não retornou até o momento.

Os moradores tentam tirar os galhos para desobstruir a visão dos motoristas (Foto: Marcos Ermínio)
Os moradores tentam tirar os galhos para desobstruir a visão dos motoristas (Foto: Marcos Ermínio)
Valdomiro já contou cerca de 55 acidentes na região (Foto: Marcos Ermínio)
Valdomiro já contou cerca de 55 acidentes na região (Foto: Marcos Ermínio)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário