A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/06/2015 07:58

Com 300 PMs nas ruas, operação abordou mais de 2 mil veículos em 15 bairros

Filipe Prado

Durante a operação Cidade Traquila, deflagrada ontem em Campo Grande, foram abordados 2085 veículos, sendo 87 apreendidos e 41 documentos recolhidos. A ação ainda fiscalizou 3002 pessoa, apenas uma foi presa em flagrante, mas oito também acabaram na delegacia porque tinham mandados de prisão abertos.

Uma arma e um quilo de droga também foram apreendidos e 178 multas lavradas.

A  operação da Polícia Militar foi deflagrada durante a tarde de ontem (9) e seguiu até a madrugada desta quarta-feira (10).

Foram realizadas rondas, blitzes e apreensões, utilizando até um helicóptero, com o objetivo de diminuir a criminalidade em Campo Grande.

A redução do índice de crimes em 15 bairros, apontados pelo serviço de inteligência da PM, e trazer a sensação de paz para a população, foram os objetivos da operação.

Cerca de 300 policiais militares e 20 guardas municipais participaram da operação, além do apoio do Grupamento de Patrulhamento Aéreo e de todos os batalhões da PM.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


Ontem no momento em que estes PMs estavam fazendo operações pela cidade, eu e meu esposo estávamos indo ao shopping para comemorarmos meu aniversario. Bom...então no meio da avenida estavam estes policiais nos abordando. Eles me abordaram como se eu fosse uma bandida que estivesse carregando droga na vagina. Que falta de capacitação...falta de ética...total falta de respeito com nós cidadães de bem. O que é isto gente? Como podem abordar qualquer um na rua sem ao menos manifestarem do porque daquela operação? Isto não pode continuar acontecendo. Eles precisam ser melhores capacitados para a operação pra não continuarem saindo abordando pessoas de bem como se fossem bandidos. Eles ao menos pediram nossa documentação e já foram mandando-nos colocar as mãos na cabeça. Indignante. Humilhante..
 
Regiz em 10/06/2015 11:33:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions