A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/07/2016 18:47

Com apenas três Conselhos Tutelares, Prefeitura cria a quarta unidade da Capital

Conselho Nacional determina uma unidade a cada 100 mil habitantes. Em Campo Grande, agora faltam quatro

Alberto Dias

Campo Grande conta oficialmente, a partir desta segunda-feira (11) com seu 4° Conselho Tutelar, cuja criação foi publicada em Diário Oficial, depois de aprovado pelos vereadores no último dia 5 de julho. Conforme a Prefeitura, a nova unidade vai funcionar no bairro Vilas Boas, com foco no atendimento a crianças e adolescentes que vivem na região leste da Capital. Porém, o início das atividades ainda depende de "trâmites legais" e não tem data definida.

A criação deste novo Conselho é um plano antigo, que surge com a missão de desafogar os outros três, distribuídos nas regiões central, norte e sul da Capital. A abrangência da nova uniddade será toda a região do Bandeira, com foco especial, segundo a SAS (Secretaria de Assistência Social), no apoio ao Conselho Tutelar Sul "que é o mais sobrecarregado".

Cada conselho é composto por cinco membros escolhidos pela população e, em janeiro, 15 conselheiros foram eleitos para representar os três conselhos já existentes. Para completar o quadro do novo Conselho Tutelar, a secretária Marcela Carneiro, à frente da SAS, aponta que aguardam consentimento do Conanda (Conselho Nacional dos Conselheiros Tutelares) para preencher as vagas com os suplentes dos outros conselhos.


Em seu discurso na Câmara Municipal, em 5 de julho, a representante do Conselho Tutelar de Campo Grande, Anna Caroline Kalache Correa Lima, ressaltou que Campo Grande precisaria de oito Conselhos para atender a determinação do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, que preconiza um conselho para cada 100 mil habitantes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions