ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, DOMINGO  29    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Com “dois Carnavais”, folia dividiu fiéis do bloco e cativos da Fernando Corrêa

Esplanada Ferroviária e avenida registraram cerca de 40 mil pessoas em cada um dos eventos no primeiro dia de festa

Por Jones Mário | 23/02/2020 13:53
Aproximadamente 40 mil pessoas curtiram o Cordão Valu na Esplanada neste sábado (Foto: Gabriel Marchese)
Aproximadamente 40 mil pessoas curtiram o Cordão Valu na Esplanada neste sábado (Foto: Gabriel Marchese)

O primeiro dia de Carnaval em Campo Grande ficou marcado pelo retorno da festa na Avenida Fernando Corrêa da Costa, cancelada no ano passado. Com a opção de volta, os foliões se dividiram nas ruas da Capital: de um lado o público cativo dos blocos na Esplanada Ferroviárias; de outro, aqueles que estavam com saudade do evento organizado pela prefeitura na avenida.

Organizadora do Cordão Valu, que desfilou neste sábado (22), Silvana Valu pontuou que a região histórica da Esplanada recebeu tanto quanto ou até mais gente que em 2019. Este ano, pelo menos 35 mil pessoas curtiram o bloco no primeiro dia de Carnaval.

“A diferença é que esse ano veio um público realmente voltado para o cordão. Uma moçada fantasiada, que veio para curtir o evento. Esse público inclusive aumentou”.

Com os fiéis do bloco nas ruas, quem foi para a Esplanada aprovou a festa. Segundo a organizadora, comerciantes e moradores do entorno também tiveram impressão de que o bloco foi mais tranquilo este ano.

Silvana destacou que a dispersão feita por seguranças privados e Guarda Municipal ocorreu de forma tranquila e, às 23h30min, as ruas da região já estavam vazias. “Às 5h, as ruas também já estavam todas limpas”, completou.

A organizadora do cordão creditou a dispersão tranquila ao Carnaval da Fernando Corrêa da Costa. “Oferecendo algo que entre na madruga adentro, a moçada vai para outro local”.

Pelo menos 25 mil pessoas já aproveitavam festa na Fernando Corrêa antes do Cordão Valu acabar (Foto: Henrique Kawaminami)
Pelo menos 25 mil pessoas já aproveitavam festa na Fernando Corrêa antes do Cordão Valu acabar (Foto: Henrique Kawaminami)

Conforme Clarice Benites, da divisão de difusão e fortalecimento cultural e eventos da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), segurança privada e Polícia Militar estimaram o público total na Avenida Fernando Corrêa da Costa em 35 mil a 40 mil pessoas.

O número aumentou após o fim do Cordão Valu, mas, segundo Clarice, pelo menos 25 mil foliões cativos da festa na avenida já curtiam as atrações antes das 23h.

“Nesse tempo sem a Fernando muita gente descobriu o cordão, mas o público cativo estava lá. Na frente, perto da Avenida Calógeras, estava lotado. O público dançou, cantou, brincou. Foi muito lindo”, classificou.

A servidora da Sectur relatou ainda que a dispersão também foi sem confusões. O evento terminou às 3h30min e, meia hora depois, a aglomeração já havia sido desfeita.

Linhas de ônibus adiantaram horários e começaram a circular às 4h para levar os foliões de volta para casa.