A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

22/06/2015 15:15

Com suspeita de meningite, tapeceiro agora espera por vaga em UTI

Ricardo Campos Jr.

Encaminhado ao HU (Hospital Universitário) após 15 horas no posto de saúde do Tiradentes esperando vaga, o tapeceiro Alex Correia de Souza ainda aguarda um leito de CTI (Centro de Terapia Intensivo). O paciente tem suspeita de meningite e, segundo a família, já está sendo medicado e recebendo cuidados especializados, mas ainda carece de tratamento intensivo.

Médicos disseram aos parentes que Alex está reagindo lentamente aos remédios, mas é preciso esperar as próximas 48 horas para saber, de fato, se as substâncias terão o efeito esperado.

O Campo Grande News tentou contato por diversas vezes com a assessoria de imprensa do HU, mas ninguém atende as ligações.

Sofrimento – Correia deu entrada no CRS (Centro Regional de Saúde) do Bairro Tiradentes às 19h30 de sábado depois de sofrer três convulsões. Quando já estava internado na unidade, ele teve mais uma crise, caiu da maca, cortou a boca e teve hematomas.

Enquanto esperavam a regulação, os parentes do tapeceiro percorreram a rede particular, mas como o leito de UTI mais barato custava R$ 5 mil por dia, foi preciso aguardar o encaminhamento.

A transferência ocorreu somente depois que o Campo Grande News esteve no posto de saúde. O médico Vinícius Ribeiro, que acompanhou o caso, disse que a situação era grave. "Ele já estava com rebaixamento de consciência quando chegou aqui. Depois da queda, aplicamos sedativo e amarramos ele para evitar mais quedas", justifica o médico.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions