ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Com suspensão mantida, mototaxista vai poder trabalhar como entregador

Regra semelhante também vale para os taxistas, que agora também podem atuar no transporte de mercadorias

Por Adriano Fernandes | 03/04/2020 20:18
Motos enfileiradas em ponto de mototáxi na Avenida Afonso Pena. (Foto: Kisie Ainoã)
Motos enfileiradas em ponto de mototáxi na Avenida Afonso Pena. (Foto: Kisie Ainoã)

No mais novo decreto publicado na noite desta sexta-feira (03) a prefeitura manteve a suspensão do serviço de mototáxi, mas autorizou que os profissionais utilizem os seus alvarás para trabalharem como entregadores na Capital. Regra semelhante também vale para os taxistas, que agora podem atuar tanto no transporte de passageiros quanto com a entrega de mercadorias.

Conforme o decreto publicado em edição extra do Diário Oficial, os veículos de transportes individuais de passageiros, públicos ou privados, deverão transitar com todas as janelas abertas, devendo o passageiro ser transportado apenas no banco de trás, preferencialmente no lado direito. O motorista também deve higienizar as maçanetas após cada corrida para diminuir o risco de contaminação do novo coronavírus.

O decreto também ressalta as regras do transporte coletivo na Capital. Tem preferência os servidores de serviços elencados como essenciais pelo poder público, ficando disponível também aos trabalhadores de empresas que tenham recebido autorização para o funcionamento. Os cartões do transporte coletivo para estudantes e idosos, permanecem bloqueados.

Os vendedores permissionários dos terminais de transbordo de passageiros, não serão penalizados por abandono de vaga, caso optem por não trabalhar. Os que decidirem continuar trabalhando normalmente devem estar atentos à higiene e utilizar equipamentos de proteção individual como luvas e máscara.