A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 15 de Setembro de 2019

02/11/2014 10:07

Com trânsito complicado, estacionamentos lucram no Santo Amaro

Ângela Kempfer e Renan Nucci
Entrada do Santo Amaro. (Foto: Marcelo Calazans)Entrada do Santo Amaro. (Foto: Marcelo Calazans)
Tatiane vende flores há 5 anos. (Foto: Marcelo Calazans)Tatiane vende flores há 5 anos. (Foto: Marcelo Calazans)

A Agetran interditou parte da avenida Presidente Vargas para garantir o acesso ao Cemitério Santo Amaro. A estimativa é de que cerca de 20 mil pessoas já passaram pelo local neste domingo.

Nas ruas, não há vagas para os carros e os estacionamentos particulares, improvisados em terrenos baldios, estão lotados. O valor para motos varia de R$ 2,50 a R$ 5,00, e para os carros de R$ 5,00 a R$ 10,00.

Parte do movimento intenso é resultado da quantidade de ambulantes na região. Tatiane Vargas, de 29 anos, vende arranjos de flores artificiais há cerca de 5 anos em frente ao cemitério.

Ela diz que os artesãos que dividem espaço no Santo Amaro fizeram, inclusive, uma tabela, para que ninguém seja prejudicado. O arranjo mais simples custa R$ 5,00 e os mais elaborados chegam a R$ 40,00. “Em lugar nenhum vai ter preço diferente. Tabelamos”, reforça.

A família de Tatiane começa a produzir as flores um mês antes do Dia de Finados. “Chegamos a fazer 500 unidades”, diz. A venda começou ontem e ela acredita que hoje vai zerar o estoque.

Além de flores naturais e artificiais, os ambulantes também vendem velas, fósforo, salgados, café, suco, churros, raspadinha, garapa e até milk shake aproveitando o calor deste domingo em Campo Grande.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions