A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Novembro de 2019

22/10/2019 21:12

Comparsa de Nando em execução de adolescente será julgado amanhã

Réu participou da execução da adolescente Jenifer Luana Lopes, de 16 anos

Adriano Fernandes
Nando sendo escoltado em uma das audiências sobre os seus crimes. (Foto: Arquivo) Nando sendo escoltado em uma das audiências sobre os seus crimes. (Foto: Arquivo)

Um dos comparsas de Luiz Alves Martins Filho, o Nando, acusado de ter participado do assassinato adolescente Jenifer Luana Lopes, de 16 anos, ainda em março de 2016 será julgado nesta quarta-feira (22), em Campo Grande.

O homem, que não teve a identidade divulgada pela justiça, teria incentivado a vítima a consumir drogas e em seguida a levado até o local da execução, na região do Jardim Veraneio em Campo Grande.

Em fevereiro deste ano Nando foi condenados a 18 anos e 3 meses de prisão pelo crime. Michel Henrique Vilela Vieira, 24, outro envolvido no assassinato também foi penalizado com 10 anos e 10 meses de prisão, mas a defesa do jovem recorreu da decisão na justiça.

Já o terceiro réu teve o seu processo desmembrado da ação. Ele responde ao processo preso preventivamente. O julgamento terá início às 8 horas, no plenário do Tribunal do Júri do Fórum Heitor Medeiros da Rua da Paz.

O crime

Nando teria decidido matar a adolescente por vingança, depois que ela supostamente teria o furtado. Após ser levada para a região de mata no Jardim Veraneio, Jenifer Luana Lopes foi estrangulada com uma correia de máquina de lavar roupas.

Ele é acusado de ter matado pelo menos 16 pessoas, entre os anos de 2012 e 2016, e ficou conhecido como um dos maiores serial killers do Estado, pela quantidade e a forma cruel como executava os crimes. As vítimas eram, em maioria, jovens mulheres envolvidas com consumo de drogas e inseridas em contexto de vulnerabilidade social.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions