A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/11/2015 10:06

Condutores são multados ao entrarem na contramão para desviar de obra

Alan Diógenes
Condutores precisam entrar na contra mão, o que segundo eles, esta gerando multas em lombada. (Foto: Gerson Walber)Condutores precisam entrar na contra mão, o que segundo eles, esta gerando multas em lombada. (Foto: Gerson Walber)
Ana Flávia acredita que deveria haver mais divulgação sobre a interdição. (Foto: Gerson Walber)Ana Flávia acredita que deveria haver mais divulgação sobre a interdição. (Foto: Gerson Walber)

As obras de drenagem na Rua Desembargador do Carmo Neto, no Parque dos Poderes, em Campo Grande, tem gerado polêmica. A via está interditada no sentido centro bairro e os motoristas precisam ir pela contra mão, o que segundo alguns, tem gerado multas na lombada eletrônica existente no local.

A interdição fica bem em frente ao TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) e próximo ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral). A servidora pública Patricia Castro, 35 anos, que trabalha em um dos órgãos, disse que vários condutores também acreditam que a lombada está desativada e acabam passando em velocidade acima do permitido.

“Agora não sei se estão sendo multados porque estão na contramão ou se porque passam correndo. Como não tenho certeza se a lombada está desligada, sempre passo com cautela para não ser multada. Acho que deveriam ter agentes de trânsito orientando o trânsito na região”, explicou Patricia.

Já a comerciante Ana Flávia de Freitas Cruz, 19, vê outra saída para o problema. “Acho que deveriam existem faixas informando a população sobre a interdição e avisando se a lombada está desligada ou não. O aviso deveria estar bem lá na frente”, comentou.

Para ela, o fluxo de veículos está bem complicado na região. “Está bem confuso, principalmente para aquelas pessoas não sabem da interdição. O risco de acidentes é muito grande. Dois dois meses que trabalho por aqui nunca vi nenhum agente de trânsito auxiliando o movimento de veículos”, completou Ana.

O funcionário público Paulo Roberto, 52, também está incomodado com o fato. “Sem dúvida a obra causou transtornos e está demorando para ser concluída, como tudo no Brasil está enrolada. Sobre as multas acho uma falta de respeito com os cidadãos”, finalizou.

Funcionários que estavam no canteiro de obras e não quiseram ser identificados disseram que a lombada eletrônica foi desativada assim que a os trabalhos começaram. Eles afirmaram também que todos os órgãos públicos da região foram avisados sobre a obra e os transtornos que ela traria.

Conforme a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), responsável pela obra, um acordo foi feito com Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e todas as multas que ocorrerem no local no período em que a obra estiver sendo feita, serão canceladas posteriormente.

Condutores alegam transtornos com a obra, que para eles, já deveria ter sido concluída. (Foto: Gerson Walber)Condutores alegam transtornos com a obra, que para eles, já deveria ter sido concluída. (Foto: Gerson Walber)
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Quase ou mais de dois meses para concluir a obra, no passo que estão trabalhando nunca vão concluir a obra, pessoal está passando por cima da rotatória, o transito no local está super confuso e perigoso o tempo todo. Não há nenhum agente de transito para organizar o transito nem nos horários de movimento.
 
Gbatista em 30/11/2015 17:49:35
Quase ou mais de dois meses para concluir a obra, está demorando de mais, no passo que está nunca vão concluir a obra.
 
Gbatista em 30/11/2015 17:47:23
Pelamor.... Com obra, faixa restrita e a pessoa que andar acima da velocidade permitida para essa situação? É só pegar aquele manual que usou para conseguir a habilitação que ele explica. Não tem como fotografar e multar na contra-mão, se liga. Anda no limite de velocidade e preste atenção.
 
Ivan Pereira em 28/11/2015 19:41:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions